Avaliações profissionais
Propriedade
Comissões de afiliados
Diretrizes de avaliações

O que é VPN? Preciso de uma em 2023? [Explicação]

Tim Mocan Tim Mocan

Venho usando, testando e pesquisando Redes privadas virtuais (VPNs) há muitos anos. No entanto, sei que a maioria das pessoas está chegando agora nas VPNs ou não entende completamente como elas funcionam ou por que deveriam usar uma.

Também estou dolorosamente ciente de como é difícil encontrar um guia de introdução bom e abrangente para VPNs: muitos artigos online não fornecem informações úteis ou detalhadas sobre essas ferramentas.

Por isso, decidi usar minha experiência com VPNs e escrever meu próprio guia completo. Isso vai ajudar você a entender como as VPNs funcionam, o que elas fazem (e não fazem) e como usar uma VPN — e se você quiser comprar uma, recomendei algumas das melhores VPNs do mercado.

Experimente a ExpressVPN agora

Como funciona VPN?

As VPNs são aplicativos online que possuem servidores localizados em todo o mundo. Quando você se conecta a um servidor de VPN, ele criptografa todo o seu tráfego, tornando os sites que você visita e os arquivos baixados ilegíveis. Além disso, uma VPN substitui seu endereço IP real por um endereço IP que corresponda à localização do seu servidor: ou seja, se você se conectar a um servidor no Reino Unido, receberá um endereço IP do Reino Unido, fazendo parecer que você está no Reino Unido.

A analogia

Imagine que seu filho quer lhe pedir um biscoito, mas ele sabe que você não vai dar para ele. Em vez disso, ele pede para um amigo lhe pedir um biscoito. Como você quer ter certeza de que o amigo do seu filho se sente bem-vindo, você dá um biscoito ao amigo dele. No entanto, o amigo entrega o biscoito para o seu filho.

Além disso, para ter certeza de que ninguém em sua casa o veja levar o biscoito de volta para o quarto do seu filho, o amigo coloca o biscoito em um saco de papel. Apesar de poder ver o amigo indo para o quarto do seu filho, você não sabe o que tem no saco de papel.

Nesta analogia, o amigo do seu filho é o servidor de VPN e a bolsa representa a criptografia.

A explicação técnica

Uma VPN atua como um “intermediário” entre você e sua conexão com a Internet. Quando você se conecta à Internet sem uma VPN, seu Provedor de serviços de Internet (ISP) atribui a você um endereço IP que coincide com sua localização real (como a cidade em que você mora) e recebe o endereço do site que você deseja visitar e conecta você ao site.

No entanto, quando você se conecta a um servidor de VPN, o processo é um pouco diferente. Ainda é preciso se conectar à Internet através do seu ISP, que lhe atribui um endereço IP. Mas quando você se conecta a uma VPN, ela atribui um endereço IP, que coincide com a localização do servidor de VPN. Sua solicitação de site agora é roteada pelo servidor de VPN, ou seja, qualquer site que você visitar verá apenas seu endereço IP da VPN, e não seu endereço real.

Além disso, quando você se conecta a um servidor de VPN, ele estabelece uma conexão criptografada (geralmente chamada de “túnel de VPN”) entre o servidor VPN e a Internet: qualquer informação que passe por essa conexão criptografada, como seus dados de navegação, é completamente ilegível, para que ninguém possa espionar você.

Para que serve uma VPN?

Aqui estão as principais razões para usar uma VPN:

Experimente a ExpressVPN agora

Segurança e privacidade

Ao me conectar a um servidor de VPN, meu ISP e outros terceiros, como o governo ou um hacker, não conseguem ver quais sites eu visito. Sempre me conecto a uma VPN em casa, assim como quando navego na Web em uma rede Wi-Fi pública, como em um café, aeroporto ou hotel. Uma rede Wi-Fi pública é menos segura do que minha rede doméstica e também é mais vulnerável a agentes mal-intencionados que tentam espionar seu tráfego.

Por exemplo, eu me conectei a um servidor de VPN assim que entrei no Wi-Fi público gratuito na oficina mecânica enquanto esperava o conserto do meu carro. Assim, os hackers não conseguiam ver o nome de usuário e a senha que eu inseri em um site nem os detalhes do meu cartão de crédito quando comprei algo na Amazon.

Além disso, uma VPN muda seu endereço IP, para que ninguém consiga vê-lo e usá-lo para encontrar sua localização geográfica. Seu endereço IP não revela seu endereço, mas revela em que cidade você mora. Isso ajuda os anunciantes a rastrear sua localização e enviar anúncios específicos segmentados de geolocalização irritantes. No entanto, com uma VPN você pode ocultar sua localização e até mesmo fazer parecer que está em um país diferente.

Experimente a ExpressVPN agora

Streaming

Os sites de streaming assinam acordos de licenciamento com detentores de direitos autorais para veicular conteúdo em um determinado país. Por exemplo, a Netflix só pode transmitir legalmente um programa de TV em Brasil e Portugal. Se viajar para o exterior, provavelmente você não vai conseguir assistir ao seu programa de TV favorito.

No entanto, você pode se conectar a um servidor de VPN em seu país de origem e acessar sites de streaming e conteúdo que estão disponíveis apenas em seu país.

Experimente a ExpressVPN agora

Torrenting

O torrent é legal na maior parte do mundo, mas é ilegal baixar arquivos protegidos por direitos autorais. Para impedir que os clientes usem sites peer-to-peer (P2P) para enviar torrents de conteúdo protegido por direitos autorais ilegalmente, os Provedores de Serviço de Internet podem bloquear sites de torrent, diminuir a velocidade das conexões P2P ou enviar avisos por escrito a seus clientes.

Você pode evitar todas essas medidas e baixar quantos arquivos quiser com uma boa VPN para torrent. A VPN criptografará seu tráfego online e protegerá seu ISP de ver que você está visitando um site de torrent.

Minha equipe e eu não toleramos o uso de uma VPN para fazer download ilegal de arquivos protegidos por direitos autorais. Recomendo fortemente que você evite fazer download de torrents de conteúdo protegido por direitos autorais e verifique suas leis locais para garantir que é seguro baixar torrents.

Experimente a ExpressVPN agora

Jogos

Não posso garantir que uma VPN diminua seu ping 100% do tempo. No entanto, quase sempre isso acontece comigo quando uso a ExpressVPN, que é minha VPN de jogo favorita em 2023. Durante meus testes de velocidade em servidores em mais de 10 países, meu ping sempre caiu de 160-170 ms para 80-111 ms ao jogar Dota 2 e Counter-Strike: Global Offensive. Consegui desfrutar de sessões de jogos mais estáveis e sem atrasos quando conectado à VPN.

Além disso, uma VPN ajuda a proteger você contra ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS), que inundam sua rede com tráfego indesejado até forçar você a ficar offline. Além disso, se for banido ou suspenso enquanto joga um videogame, o videogame normalmente bane seu endereço IP e não sua conta. Dessa forma, você pode dar a volta à proibição simplesmente alterando seu endereço IP com uma VPN e voltar a jogar.

Experimente a ExpressVPN agora

Firewalls e censura

Países como China, Rússia e Indonésia usam firewalls sofisticados para restringir o acesso a plataformas de rede social, sites de notícias e outras plataformas online. A boa notícia é que há muitas VPNs que contam com ferramentas de ofuscação que ajudam você a escapar da censura do governo e permitem que você acesse praticamente qualquer site que desejar. Você também pode usar ofuscação para contornar firewalls em universidades e nos locais de trabalho.

Experimente a ExpressVPN agora

Estrangulamento de largura de banda

Sem uma VPN, seu ISP é capaz de ver em quais sites você está navegando e quantos dados você consome em cada site. Se usar muitos dados, isso poderá diminuir a velocidade de suas conexões para limitar o uso de dados. Por exemplo, se seu ISP vir você maratonando a Netflix no fim de semana, isso pode começar a diminuir a velocidade da sua conexão nesse site.

No entanto, se usar uma VPN, seu ISP não conseguirá ver qual site você acessa. Ele ainda verá quantos dados você usa, mas sem saber em quais sites você está, seu ISP não vai poder limitar suas conexões.

Experimente a ExpressVPN agora

O que uma VPN não faz

Embora as VPNs sejam excelentes ferramentas de segurança para proteger seus dados e privacidade, elas também têm suas limitações. Aqui está o que uma VPN não pode fazer:

Proteger seu dispositivo contra malware

As VPNs não conseguem detectar ou remover malware. Se fizer download acidentalmente de um arquivo malicioso, uma VPN não poderá impedir que ele comprometa seu dispositivo e roube suas senhas, números de cartão de crédito, fotos e outros dados confidenciais.

Algumas VPNs como a ExpressVPN, a Private Internet Access e a ProtonVPN incluem um bloqueador de malware como parte de seu recurso de bloqueio de anúncios. No entanto, o bloqueador de malware apenas impede que você se conecte a sites duvidosos que possam hospedar malware. Na verdade, ele não bloqueia o acesso de malware ao seu dispositivo.

Para se proteger totalmente contra infecções por malware, recomendo fortemente o uso de um bom software antivírusHá muitos antivírus no mercado, mas meu favorito é o Norton. Seu scanner de malware registrou uma pontuação perfeita em nossos testes e também inclui outras ótimas ferramentas, como proteção antiphishing, firewall, monitoramento da Dark Web, proteção de webcam, gerenciador de senhas e até uma VPN (Norton Secure VPN).

Experimentar o Norton agora

Tornar você 100% anônimo na Internet

Uma VPN criptografa seu tráfego de Internet e muda seu endereço IP para lhe oferecer camadas extras de proteção e privacidade, mas é impossível para uma VPN torná-lo totalmente anônimo, e aqui está o porquê:

  • Quando você faz pagamentos online, os processadores e fornecedores de pagamentos coletam seus dados de pagamento.
  • Os sites usam a impressão digital do navegador (um método para rastrear os visitantes do site) para coletar informações específicas sobre seu dispositivo, incluindo idioma, versão do sistema operacional, resolução da tela, fuso horário e muito mais.
  • Sua VPN e conexões de Internet passam pela rede do seu ISP.
  • Se você usa plataformas de rede social, elas podem acessar informações pessoais como seu endereço de e-mail, nome e número de telefone.

Impedir que sites usem cookies

Cookies são pequenos arquivos de texto que são baixados em seu dispositivo quando você visita um site legítimo e concorda com sua política de cookies. Os cookies são usados para muitas finalidades, como registrar automaticamente os usuários do site em suas contas ou salvar as preferências do site dos usuários (por exemplo, quais idiomas eles escolheram). No entanto, os sites também podem usar cookies para rastrear seu comportamento online e compartilhar informações sobre suas preferências com anunciantes.

As VPNs não podem proteger você de cookies porque elas não foram desenvolvidas para interceptar e armazenar seus cookies em seus servidores. Para se livrar dos cookies, você precisa limpar o cache e os cookies de seu navegador, usar o modo de navegação anônima/privado ou usar extensões de navegador de terceiros que bloqueiam cookies.

Contornar desligamentos da Internet

Um desligamento da Internet é a interrupção intencional da Internet e da comunicação eletrônica. Às vezes, os desligamentos da Internet ocorrem em países restritivos quando ocorrem protestos violentos ou intervenções militares.

Já vi muitas pessoas dizerem que é possível usar uma VPN para contornar os desligamentos da Internet, mas, infelizmente, isso não é verdade. Se você não tiver acesso à Internet, você não poderá usar uma VPN.

Impedir seu ISP de ver seu endereço IP real

Uma VPN pode impedir que sites, governos e hackers vejam seu endereço IP real, mas não pode impedir que seu ISP veja seu endereço IP. Sua conexão de VPN é feita através da rede do seu ISP, por isso, seu ISP sempre verá sua conexão.

Para deixar as coisas mais claras, veja o que seu ISP vê quando você usa uma VPN:

  • Seu endereço IP real.
  • O endereço IP do servidor de VPN ao qual você está conectado.
  • Quantos dados você usa enquanto está conectado ao servidor de VPN.
  • Qual porta a conexão de VPN usa.
  • Quando você se conecta ao servidor de VPN.

A boa notícia é que nenhuma dessas informações permite que seu ISP comprometa sua privacidade ao ver em quais sites você navega.

Criptografar o que você faz em outros sites

As VPNs criptografam sua conexão com um site, mas não conseguem criptografar o que você faz nesses sites. O proprietário desse site ainda poderá ver o que você digita, carrega ou baixa. Por exemplo, uma VPN não pode impedir que o Facebook veja uma foto que você enviou ou que o Twitter leia um de seus Tweets.

O que são clientes de VPN?

Um cliente de VPN (também chamado de app VPN) é um software que você baixa e instala em seu dispositivo e usa para se conectar a um servidor de VPN. O cliente de VPN se comunica com o servidor de VPN para estabelecer a conexão de VPN criptografada.

A maioria das principais VPNs possui clientes de VPN para iOS, Android, Windows, macOS e Linux que são muito fáceis de instalar e usar. Por exemplo, veja como é o cliente Windows da ExpressVPN:

O que são clientes de VPN?

Como configurar uma VPN em 3 etapas simples:

  1. Inscreva-se em uma boa VPN. Minha principal escolha é a ExpressVPN, porque ela oferece ferramentas de segurança de ponta, mantém as velocidades mais rápidas do mercado, tem ótimo suporte para streaming e P2P, fornece apps fáceis de usar e vem com 3,000+ servidores em mais de 90 países.
  2. Baixe e instale o aplicativo do provedor de VPN. O processo de instalação não deve levar mais de 1 a 2 minutos (basta seguir as instruções do assistente de instalação).
  3. Abra o app da VPN e conecte-se a um servidor VPN. Seus dados agora estão criptografados e você pode começar a navegar na Web com segurança.

Experimente a ExpressVPN agora

O que são servidores de VPN?

Um servidor de VPN é um hardware de computador configurado para executar software de VPN. Veja o que o servidor de VPN faz:

  • Criptografa seu tráfego: o processo envolve a criação de uma conexão criptografada (ou túnel) entre o cliente de VPN e o servidor de VPN. Dessa forma, todos os seus dados, incluindo os sites que você visita, são embaralhados.
  • Altera seu endereço IP: quando você se conecta a um servidor de VPN, ele atribui a você um endereço IP que coincide com a localização do servidor. Todos os sites que você acessar enquanto estiver conectado ao servidor de VPN verão apenas o endereço IP do servidor de VPN (e não seu endereço IP real).

Experimente a ExpressVPN agora

Criptografia de VPN explicada

A criptografia é uma forma de converter dados de um formato legível para um formato ilegível. Por exemplo, se acessar o Facebook quando estiver conectado a uma VPN, seu ISP não verá que você está se conectando ao facebook.com: em vez disso, ele verá algo sem sentido como “HFUh3245KFh894”. A criptografia de VPN torna quase impossível alguém espionar seu tráfego na Internet.

Para criptografar e descriptografar o tráfego do usuário, as VPNs usam chaves de criptografia, que são sequências de bits geradas de forma aleatória (a menor unidade de dados em um computador). Apenas o cliente e o servidor de VPN tem acesso às chaves criptografadas.

Além disso, a criptografia de VPN também depende de cifras de criptografia, que são algoritmos usados para realizar o processo de criptografia e descriptografia. Há vários tipos de cifras de criptografia disponíveis, mas a maioria das principais VPNs usa a Advanced Encryption Standard (AES), ChaCha20 ou ambas.

Experimente a ExpressVPN agora

O que são protocolos de VPN?

Um protocolo de VPN é um pacote de regras que determina como uma conexão de VPN é estabelecida entre o cliente de VPN e o servidor de VPN. Abaixo, você vai ver uma lista de todos os protocolos de VPN disponíveis:

  • OpenVPN: protocolo popular open-source que fornece segurança forte e boas velocidades.
  • WireGuard: protocolo moderno open-source que é tão seguro quanto o OpenVPN, mas muito mais rápido.
  • IKEv2/IPSec: protocolo seguro e rápido que pode resistir a mudanças na rede. Por exemplo, a conexão de VPN não vai cair se você mudar de dados móveis para Wi-Fi.
  • SoftEther: protocolo open-source rápido e seguro, mas apenas algumas VPNs fornecem acesso ao SoftEther porque é difícil integrá-lo aos seus serviços.
  • SSTP: protocolo seguro, mas muitas VPNs não o usam, uma vez que ele não está disponível nativamente no iOS e no macOS.
  • L2TP/IPSec: oferece boa segurança e boas velocidades, mas muitas das principais VPNs não usam esse protocolo devido a alegações de que ele foi comprometido por agências governamentais.
  • PPTP: oferece velocidades muito rápidas, mas sua criptografia é muito fraca, e é por isso que os principais provedores de VPN não suportam esse protocolo.

Além disso, alguns provedores têm seus próprios protocolos proprietários ultrasseguros e extremamente rápidos. Por exemplo, a ExpressVPN tem o Lightway e a Hotspot Shield tem o Hydra.

Experimente a ExpressVPN agora

As VPNs diminuem suas velocidades?

Usar uma VPN sempre vai reduzir pelo menos um pouco sua velocidade, e aqui está o porquê:

  • Criptografia. As VPNs adicionam uma camada de criptografia ao seu tráfego, e o processo de criptografia-descriptografia aumenta o tempo que a VPN e seu ISP levam para rotear seus dados.
  • Ele roteia seu tráfego através de um servidor de VPN. Em vez de ir direto para a Internet, sua conexão passa primeiro por um servidor de VPN. Quanto maior a distância entre você e o servidor de VPN, mais tempo leva para o sinal da Internet viajar do seu dispositivo para o servidor de VPN.

No entanto, as melhores VPNs minimizam a perda de velocidade para que ela mal seja notável. Em nossos testes, a ExpressVPN é VPN mais rápida em 2023.

Experimente a ExpressVPN agora

Como aumentar as velocidades da VPN

Se experimentar desaceleração notável mesmo com uma VPN rápida, aqui estão algumas opções para corrigir o problema:

  • Use a ferramenta de conexão rápida. A maioria das principais VPNs vem com essa ferramenta, que conecta você automaticamente ao servidor mais rápido disponível para sua localização.
  • Conecte-se manualmente a um servidor próximo. Se a ferramenta de conexão rápida não estiver disponível, recomendo você se conectar manualmente a um servidor em seu país. Se não houver um servidor em seu país, conecte-se a um servidor em um país vizinho.
  • Selecione um protocolo de VPN rápido. Muitas VPNs usam OpenVPN por padrão, mas eu recomendo usar o WireGuard ou o IKEv2/IPSec, que são mais rápidos que o OpenVPN.
  • Use túnel dividido (se disponível). Essa ferramenta permite que você escolha quais apps e sites usam a VPN e quais aplicativos usam sua rede local. Quanto menos tráfego a VPN tiver para rotear, maior serão as suas velocidades. Por exemplo, se você quiser usar a VPN apenas para torrent, poderá fazer apenas o tráfego P2P passar pelo túnel da VPN.
  • Não use Wi-Fi. As velocidades da rede Wi-Fi são influenciadas pela força do sinal Wi-Fi de sua conexão. Portanto, se o sinal estiver fraco, você vai ter uma desaceleração notável. Eu recomendo usar uma conexão com fio (também chamada de conexão Ethernet): minhas velocidades de VPN são sempre 40% a 60% mais rápidas em uma conexão com fio.
  • Feche os aplicativos em segundo plano. Os apps conectados à Web não usados podem consumir sua largura de banda e diminuir suas velocidades de VPN. Por exemplo, se estiver usando uma VPN apenas para streaming, desconecte as redes sociais e os clientes de jogos.

Experimente a ExpressVPN agora

O que é uma política de não registro e por que ela é importante?

Uma política de não registro é a garantia da VPN de que ela não vai coletar seu endereço IP nem seu tráfego de navegação. Assim, se o governo solicitar os dados de um usuário, a VPN não terá nenhum registro deles.

Todas as principais VPNs em 2023 têm uma política rigorosa de não registro, que detalha todos os dados que a VPN coleta e não coleta.

Experimente a ExpressVPN agora

Uma VPN garante privacidade online?

Uma VPN protege sua privacidade online uma vez que oculta seu tráfego e impede que qualquer pessoa rastreie seu endereço IP. No entanto, para realmente garantir sua privacidade na Internet, a VPN precisa ter uma política de não registro.

A questão é que a maioria das VPNs tem uma política de não registro. O que as diferencia uma da outra e garante que sua privacidade seja protegida é se a política de não registro foi verificada por uma fonte externa.

ExpressVPN, ProtonVPN, TunnelBear e VyprVPN: todas essas VPNs tiveram sua política de não registro auditada e confirmada de forma independente por uma empresa de segurança terceirizada. CyberGhost VPN, Private Internet Access e ProtonVPN emitem relatórios regulares de transparência, que mostram todas as solicitações de dados do usuário que a VPN recebeu de agências governamentais e policiais e comprovam que a VPN não tinha dados para entregar. Além disso, a Private Internet Acess teve sua política de não registro verificada em vários documentos judiciais dos EUA, e a ExpressVPN também foi comprovada quando as autoridades turcas apreenderam um de seus servidores, mas não conseguiram encontrar nenhum dado do usuário nele.

Experimente a ExpressVPN agora

Como saber se minha VPN está funcionando ?

Como saber se minha VPN está funcionando ?

A melhor forma de verificar se sua VPN está funcionando é fazer um teste de vazamento, que verifica se apenas o endereço IP da VPN está exposto, e não seu endereço IP real.

Veja aqui 5 etapas fáceis e rápidas de como realizar um teste de vazamento de VPN:

  • Passo 1. Acesse o ipleak.net sem estar conectado à VPN.
  • Passo 2. Faça uma captura de tela dos resultados, que exibem seus endereços IP e DNS reais.
  • Passo 3. Abra o aplicativo VPN e conecte-se a um servidor de VPN.
  • Passo 4. Acesse ipleak.net novamente.
  • Passo 5. Compare os resultados com os resultados da captura de tela anterior. Se os resultados atuais não mostrarem seus endereços IP ou DNS reais, a VPN está funcionando.

Caso contrário, se você vir seus endereços IP e DNS reais nos resultados do teste de vazamento, a VPN não está funcionando e está deixando seus dados vazarem. Nesse caso, recomendo abandonar esse provedor e mudar para uma VPN que tenha proteção total contra vazamentos. Eu pessoalmente usaria a ExpressVPN, pois ela tem proteção total contra vazamentos de DNS, IPv6 e WebRTC. Fiz testes de vazamento enquanto conectado a servidores em mais de 20 países e nunca me deparei com nenhum vazamento.

Experimente a ExpressVPN agora

É legal usar uma VPN?

Usar uma VPN é legal na maioria dos países: seu uso só se torna ilegal se você usar a VPN para se envolver em atividades criminosas. No entanto, países restritivos como China, Irã e Arábia Saudita baniram as VPNs, por isso, você pode enfrentar repercussões legais se for pego usando uma VPN nesses países.

Minha equipe e eu recomendamos que você pesquise minuciosamente as leis locais de seu país ou do país que você planeja visitar para ter certeza de que é seguro usar uma VPN.

Melhores VPNs em 2023

Resumo das melhores VPNs em 2023:

  • 🥇1. ExpressVPN: a melhor VPN no geral em 2023.
  • 🥈2. Private Internet Access: ótima VPN para torrent.
  • 🥉3. ProtonVPN: boa VPN para segurança de alto nível.
  • 4. NordVPN — opção confiável com ótima segurança e altas velocidades em todos os servidores.
  • 5. Surfshark — boa opção para famílias grandes (com planos acessíveis).

🥇1. ExpressVPN: melhor VPN em 2023

Melhores VPNs em 2023

ExpressVPN é minha VPN favorita: ela conta com ferramentas de segurança e privacidade líderes do setor, tem as velocidades mais rápidas do mercado, dá a você ótimo suporte para streaming e torrent e é extremamente fácil de usar.

Além de uma política rígida de não registro que passou por várias auditorias de segurança independentes, a ExpressVPN também tem:

  • Servidores somente RAM: todos os servidores da ExpressVPN são executados apenas na memória RAM, ou seja, nenhum dado é armazenado no disco rígido e cada reinicialização do servidor exclui todos os dados. Isso não deixa vestígios de suas atividades online.
  • Sigilo de encaminhamento perfeito: muda a chave de criptografia para cada sessão de VPN para evitar que os cibercriminosos comprometam chaves de criptografia passadas ou futuras para espionar seu tráfego.
  • Threat Manager: limita a quantidade de dados que seu dispositivo compartilha com rastreadores de anúncios e bloqueia conexões com sites maliciosos.

A ExpressVPN é a melhor VPN para streaming e torrenting. Ela funciona com mais de 65 serviços de streaming, tanto os populares quanto os locais como a Globo Play: em meus testes, ele conseguiu acessar os principais sites como Netflix, Disney+, HBO Max e Amazon Prime. Além disso, gosto do fato de a ExpressVPN permitir tráfego P2P em todos os seus servidores e funcionar com clientes de torrent populares, incluindo Vuze, qBittorrent e uTorrent.

Também gosto que a ExpressVPN tenha 3,000+ servidores em mais de 90 países (incluindo Brasil e Portugal), porque isso torna muito simples se conectar a servidores próximos para obter velocidades rápidas. Ela também oferece um teste de velocidade integrado que ajuda a encontrar os servidores mais rápidos para sua localização. Quando se trata de ferramentas adicionais, a ExpressVPN possui túnel dividido no Android, Windows e Macs. E você também obtém um bom gerenciador de senhas (o Express Keys).

Além disso, a ExpressVPN tem apps fáceis de usar para iniciantes para iOS, Android, Windows, macOS (todos disponíveis em português), Linux e Smart TVs. Ela também é uma das raras VPNs a ter um app de roteador.

Os planos da ExpressVPN começam com preços a partir de US$ 6,67 / mês e inclui 5 conexões simultâneas: ela é uma das VPNs mais caras do mercado, mas compensa isso oferecendo um ótimo custo-benefício. Além disso, a ExpressVPN cobre todos os planos com garantia de reembolso de 30 dias.

Obtenha a ExpressVPN agora

Leia nossa análise completa da ExpressVPN

🥈2. Private Internet Access: VPN ótima e segura para torrent

Melhores VPNs em 2023

A Private Internet Access (PIA) oferece ótima privacidade, funciona com todos os principais sites de streaming e é muito boa para torrent Ela suporta tráfego P2P em todos os seus servidores e inclui encaminhamento de porta, que permite que você se conecte a mais pares para aumentar suas velocidades de torrent. Sempre que uso o encaminhamento de porta, minhas velocidades P2P geralmente aumentam em cerca de 10% a 15%.

A rigorosa política de não registro da PIA não foi auditada de forma independente como a da ExpressVPN: mas foi comprovada em vários tribunais. Além disso, todos os apps da PIA são open-source, ou seja, qualquer pessoa pode auditar o código em busca de falhas de segurança.

Em termos de segurança, a PIA possui servidores somente RAM em mais de 80 países (Portugal e Brasil incluídos), sigilo de encaminhamento perfeito e proteção total contra vazamentos. Além disso, você recebe acesso ao Identity Guard, que o alerta se suas informações pessoais (como seu endereço de e-mail) forem comprometidas em uma violação de dados.

O túnel dividido também está disponível, e estou muito feliz com o fato de PIA permitir apps de túnel dividido e endereços IP (a ExpressVPN permite apenas apps de túnel dividido). Ele também conta com o melhor rastreador de anúncios de VPN e bloqueador de malware (PIA MACE) do mercado: ele sempre elimina os anúncios, fazendo com que as páginas da Web sejam carregadas mais rapidamente.

A PIA não foi tão rápida quanto à ExpressVPN durante meus testes de velocidade, mas ainda gostei das ótimas velocidades para todas as minhas atividades online. Ela tem aplicativos fáceis de usar em português para todas as principais plataformas: gosto especialmente que todos os apps forneçam explicações úteis para praticamente todas as configurações e recursos.

A Private Internet Access permite até 10 conexões simultâneas e tem planos baratos com preços a partir de US$ 2,19 / mês. Ele cobre todas as compras com uma garantia de reembolso de 30 dias.

Obter a Private Internet Access agora

Leia nossa análise completa da Private Internet Access

🥉3. ProtonVPN: boa VPN para segurança e privacidade de alto nível

Melhores VPNs em 2023

ProtonVPN é uma VPN extremamente segura: ela possui sigilo de encaminhamento perfeito, proteção total contra vazamentos e criptografia de disco completo, que mantém todos os dados em um servidor da ProtonVPN completamente ilegíveis. Além disso, também gosto da ferramenta NetShield, que bloqueia malware, anúncios e rastreadores.

A política de não registro da ProtonVPN também foi auditada e comprovada de forma independente e ela emite um relatório de transparência. E todos os seus apps são open-source e também foram auditados (apenas pequenos problemas foram encontrados, que a ProtonVPN corrigiu rapidamente). Além disso, seus aplicativos para Windows, Android, Mac e iOS podem ser exibidos em português.

Também sou um grande fã da arquitetura de servidor Secure Core desta VPN: ela envia seu tráfego através de 2 servidores de VPN em vez de 1 servidor, fornecendo uma camada adicional de criptografia.

A ProtonVPN tem 1,900+ servidores em mais de 60 países (incluindo Brasil e Portugal) e fornece velocidades muito rápidas em servidores próximos, mas às vezes senti desaceleração notável em servidores distantes. Felizmente, consegui usar o VPN Accelerator da ProtonVPN, que usa tecnologias de melhoria de desempenho para aumentar a velocidade da VPN. Dito isso, minhas velocidades ainda não eram tão rápidas quanto com a ExpressVPN e a Private Internet Access.

A ProtonVPN funciona com todos os principais serviços de streaming, incluindo a Netflix (EUA e mais catálogos) e Disney+. Ela também possui um bom suporte P2P, uma vez que possui encaminhamento de porta e permite tráfego P2P em mais de 16 países. Assim, a Private Internet Access também conta com encaminhamento de porta, mas permite tráfego P2P entre servidores em todos os países, o que for mais conveniente.

A ProtonVPN tem o melhor plano gratuito do mercado, uma vez que ela vem com dados ilimitados. Mas atualizar para o plano Plus da ProtonVPN (com preços a partir de US$ 3,99 / mês) adiciona10 conexões simultâneas, suporte a streaming e torrent, Servidores Secure Core, NetShield e muito mais. A ProtonVPN cobre cada compra com uma garantia de reembolso proporcional de 30 dias.

Obtenha a ProtonVPN agora

Leia nossa análise completa da ProtonVPN

4. NordVPN — opção confiável com ótimos recursos de segurança e altas velocidades

Melhores VPNs em 2023

O NordVPN oferece acesso a vários recursos de segurança que mantêm seus dados seguros online — como o Threat Protection (Proteção contra ameaças), um dos melhores bloqueadores de anúncios de VPN do mercado e também capaz de remover anúncios maliciosos, bloquear conexões com sites obscuros e proteger seu dispositivo contra downloads infectados com malware. Melhor ainda, o Threat Protection permanece ativo mesmo quando você não está conectado a um servidor VPN, o que é muito conveniente.

Além disso, há o recurso Dark Web Monitor (Monitoramento da dark web), que faz varreduras na dark web e alerta você se o login associado à sua conta do NordVPN for vazado. Gostei de ver esse recurso, pois esta é uma das únicas VPNs do mercado que inclui monitoramento da dark web.

Além disso, o NordVPN vem com outros ótimos recursos de segurança — ele conta com servidores VPN duplos, os quais adicionam uma camada extra de criptografia, e também vem com ofuscação. A VPN ainda tem seu próprio protocolo chamado NordLynx, que foi projetado para oferecer segurança robusta e velocidades extremamente altas.

O NordVPN também conta com recursos avançados de segurança, incluindo proteção total contra vazamentos, servidores exclusivamente à base de RAM e perfect forward secrecy. Sua rigorosa política antilogs (no-logs policy) foi independentemente auditada e comprovada quando um dos data centers que abrigava um dos servidores sofreu uma violação de dados, mas sem comprometer quaisquer dados de usuários.

O provedor também é ótimo para fazer streaming e baixar e enviar torrents — ele funciona com vários serviços populares de streaming como Netflix e BBC iPlayer, além de disponibilizar incríveis 4.500+ servidores P2P. Ele ainda oferece ótimas velocidades para streaming, torrents e outras atividades online em todos os seus servidores.

Também penso que o NordVPN é uma boa VPN para jogos, devido ao seu recurso Meshnet, que permite vincular até 60 dispositivos por meio de conexões VPN criptografada — o que ajuda você a hospedar LAN parties virtuais em segurança.

Além disso, esta VPN oferece diversos outros benefícios — ela conta com 5.000+ servidores em 55+ países (incluindo Portugal e Brasil), oferece tunelamento dividido (split tunneling) e disponibiliza apps altamente intuitivos para todas as principais plataformas.

O NordVPN oferece planos acessíveis a partir de US$ 2,99 / mês. Todas as compras são asseguradas por uma garantia de reembolso de 30 dias sem riscos.

Obtenha o NordVPN agora

Leia nossa análise completa da NordVPN

5. Surfshark — ótima VPN para famílias grandes e altamente acessível

Melhores VPNs em 2023

O Surfshark permite conexões ilimitadas, o que significa que você pode usá-lo em quantos dispositivos quiser — portanto, ele é uma ótima opção se todos da sua família precisam de uma boa VPN. Também gostei de ver isso porque muito poucas VPNs oferecem suporte a conexões ilimitadas.

Ele vem com ótimos recursos de segurança, incluindo o CleanWeb, um dos melhores bloqueadores de anúncios VPN do mercado. Além disso, ele oferece ofuscação, conexões VPN duplas para segurança adicional e IP Rotator, que periodicamente altera seu endereço IP para dificultar que sua localização seja rastreada por terceiros. O provedor ainda conta com recursos avançados de segurança como servidores exclusivamente à base de RAM e perfect forward secrecy — porém, ele carece de proteção total contra vazamentos (mas não encontrei nenhum vazamento durante meus testes).

Você também conta com ótimo suporte a streaming, pois a VPN pode acessar sites de ponta como Netflix, HBO Max e BBC iPlayer — embora não consiga acessar o Disney+. Ele também oferece suporte a downloads P2P em todos os servidores.

Há 3.200+ servidores em 90+ países (incluindo Portugal e Brasil), o que facilita para usar servidores próximos e desfrutar altas velocidades. Falando em velocidades, o provedor oferece conexões velozes na maioria dos servidores, mas sofri com grandes lentidões nos servidores mais distantes.

O Surfshark também é uma das VPNs mais acessíveis do mercado, com planos a partir de apenas US$ 2,30 / mês — portanto, ele também é uma boa opção se você está com orçamento limitado. Todos os planos incluem uma garantia de reembolso de 30 dias.

Obtenha o Surfshark agora

Leia nossa análise completa da Surfshark

Comparação das melhores VPNs em 2023

VPN Preço inicial Rede de servidores Funciona com Netflix Aplicativos Plano gratuito Garantia de reembolso
🥇1. ExpressVPN US$ 6,67 / mês 3,000+ servidores em mais de 90 países iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Fire TV, Android TV, roteadores 30 dias
🥈2. Private Internet Access US$ 2,19 / mês Servidores em mais de 80 países iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Fire TV, Android TV 30 dias
🥉3. ProtonVPN US$ 3,99 / mês 1,900+ servidores em mais de 60 países iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Fire TV, Android TV 30 dias (proporcional)
4. NordVPN US$ 2,99 / mês 5,400+ servidores em 55+ países iOS, Android, macOS, Windows, Linux, Android TV, Fire TV, Chromebook, roteadores 30 dias
5. Surfshark US$ 2,30 / mês 3,200+ servidores em 100+ países iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Android TV, Fire TV, roteadores 30 dias

Como escolher a melhor VPN para seus dispositivos

  • Segurança forte. Eu recomendo fortemente escolher uma VPN que traga ferramentas de segurança de VPN padrão do setor, como criptografia AES-256 bits, um kill switch que desativa o acesso online se a VPN se desconectar para evitar vazamentos de dados, uma política de não registro e proteção contra vazamentos de DNS, IPv6 ou WebRTC.
  • Suporte a streaming VPN e torrent. Uma VPN muito boa funciona com sites de streaming populares como Netflix, Disney+ e BBC iPlayer. Além disso, todas as VPNs que recomendo permitem tráfego P2P.
  • Rede ampla de servidores. Eu só recomendo VPNs que tenham servidores localizados na maior parte do mundo. Assim, é mais fácil encontrar e se conectar a servidores próximos e evitar servidores superlotados, para que você consiga obter conexões VPN rápidas. A ExpressVPN tem 3,000+ servidores em mais de 90 países.
  • Velocidades rápidas. Apesar de todas as VPNs reduzirem suas velocidades devido ao processo de criptografia e descriptografia e à distância entre seu dispositivo e o servidor de VPN, as VPNs listadas aqui me forneceram velocidades rápidas para navegação, streaming, torrent e jogos.
  • Compatível com várias plataformas. As melhores VPNs têm aplicativos nativos para todos os principais sistemas operacionais, incluindo iOS, Android, Windows, macOS e Linux. A ExpressVPN ainda possui apps dedicados para TVs Android, Amazon Fire Stick e roteadores.
  • Fácil de usar. Todas as VPNs que recomendo têm aplicativos fáceis de instalar, interfaces intuitivas e explicações úteis para todas as ferramentas e configurações.
  • Atendimento ao cliente. Se você tiver problemas, a ExpressVPN, a Private Internet Access e a ProtonVPN fornecem acesso a plataformas detalhadas de suporte ao cliente, como perguntas frequentes , tutoriais e guias de solução de problemas, bem como suporte por e-mail e bate-papo ao vivo 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Bom custo-benefício. As melhores VPNs permitem várias conexões simultâneas (a Private Internet Access e a ProtonVPN permitem até 10 conexões), trazem ferramentas adicionais como túnel dividido e um bloqueador de anúncios, tem planos acessíveis, e cobre cada compra com uma garantia de reembolso.

Perguntas frequentes

Para que você usa uma VPN?

Você pode usar uma VPN por vários motivos diferentes, incluindo:  

Qual é a melhor VPN?

A ExpressVPN é a melhor VPN em 2023: ela tem 3,000+ servidores em mais de 90 países, fornece ferramentas de segurança e privacidade líderes do setor, funciona com todos os principais sites de streaming (incluindo Netflix dos EUA e muitos outros catálogos, Disney+ e BBC iPlayer), possui apps intuitivos para todas as plataformas, e apoia cada compra com uma garantia de reembolso de 30 dias.

Mas há outras boas VPNs no mercado. Por exemplo, a Private Internet Access é muito boa para torrent, e a ProtonVPN vem com ferramentas avançadas de segurança e privacidade.

As VPNs funcionam com a Netflix?

Sim, você pode usar uma VPN para acessar a Netflix. No entanto, devo mencionar que nem todas as VPNs funcionam com a Netflix, uma vez que o site de streaming geralmente detecta e bloqueia conexões de VPN. Se você estiver procurando uma VPN muito boa para Netflix, eu recomendo a ExpressVPN: ela consegue acessar mais de 10 bibliotecas, tem as velocidades de streaming mais rápidas do mercado e é muito fácil de usar.

Quanto custa uma VPN?

Em média, uma VPN custará entre R$ 40 (€ 8) e R$ 68 (€ 13) por mês, mas a maioria dos provedores tem planos de longo prazo que oferecem grandes economias e ofertas. Por exemplo, o plano mais longo da ExpressVPN tem preços a partir de US$ 6,67 / mês e vem com 3 meses adicionais grátis.

Se estiver procurando uma ótima VPN de baixo, confira a Private Internet Access, que tem preços tão baratos quanto US$ 2,19 / mês.

Há VPNs gratuitas?

Sim, mas geralmente recomendo evitá-las: a maioria das VPNs gratuitas não oferecem ferramentas de segurança importantes (como um kill switch e uma política de não registro), não funciona com sites de streaming, limita a quantidade de dados que você pode usar, tem velocidades muito lentas e aplicativos com bugs.

Dito isso, se você insistir em usar uma VPN gratuita, eu usaria a ProtonVPN, uma vez que ela é a melhor VPN gratuita disponível. Ela fornece dados ilimitados, segurança forte e boas velocidades. No entanto, ela limita você a 1 conexão, fornece servidores em apenas 3 países (EUA, Japão e Holanda) e não permite streaming ou torrent.

No geral, recomendo fortemente obter uma VPN Premium barata, como a ExpressVPN ou um dos planos pagos da ProtonVPN para obter um custo-benefício significativamente melhor.

Posso usar uma VPN em mais de 1 dispositivo?

Sim. A média do setor é de 5 a 7 conexões simultâneas. A ExpressVPN permite 5 conexões), embora a Private Internet Access e a ProtonVPN permite 10 conexões.

Se você tiver muitos dispositivos ou uma família grande, recomendo obter uma VPN que suporte conexões simultâneas ilimitadas, como a IPVanish.

As VPNs funcionam em todas as plataformas?

Sim, a maioria das VPNs possui apps dedicados para todos os principais sistemas operacionais, incluindo iOS, Android, Windows, macOS e Linux. Muitos dos principais fornecedores também têm apps para dispositivos Fire TV e Android TV.

Você também pode usar uma VPN em dispositivos que não oferecem suporte nativo a VPNs, como consoles de jogos ou algumas Smart TVs com roteador. A maioria das VPNs exige uma configuração manual complicada em um roteador, mas a ExpressVPN tem um aplicativo de roteador fácil de instalar.

Qual é a diferença entre uma VPN e uma proxy?

Uma VPN é um serviço online que criptografa seu tráfego e altera seu endereço IP. Um proxy é um serviço que muda seu endereço IP, mas não criptografa seu tráfego.

Basicamente, um proxy é menos seguro que uma VPN, portanto, você deve evitá-lo se quiser proteger seus dados online.

Termos comuns de VPN explicados

Endereço IP Um conjunto exclusivo de caracteres atribuído ao seu dispositivo, que atua como seu endereço digital e permite que seu dispositivo se comunique com outros dispositivos e servidores na Internet.
ISP Significa Provedor de Serviços de Internet, que é o provedor que permite acessar a Internet.
Provedor de VPN Uma empresa que fornece acesso a um serviço VPN.
Criptografia Um método que embaralha seus dados para impedir que terceiros os monitorem.
Cliente de VPN Um aplicativo que você instala em seu dispositivo para usar um serviço VPN.
Servidor de VPN Hardware que executa software de VPN, responsável por criptografar seu tráfego e mudar seu endereço IP.
Túnel de VPN A conexão de VPN criptografada criada entre seu dispositivo e a VPN.
Protocolo de VPN Um conjunto de regras que determinam como um cliente de VPN e um servidor de VPN estabelecem uma conexão de VPN criptografada.
Kill switch Uma ferramenta que desativa o acesso online se a VPN se desconectar para evitar vazamentos de dados.
Política de não registros Uma garantia de que o provedor de VPN não coleta seu endereço IP, os sites que você visita e os arquivos que você baixa.
VPN dupla Uma conexão de VPN que passa por 2 servidores VPN em vez de 1 servidor de VPN, adicionando uma camada extra de criptografia.
Ofuscação Uma ferramenta que oculta o tráfego de VPN, fazendo com que pareça tráfego normal da Internet. Ela é usada para contornar o governo e outros firewalls.
Túnel dividido Uma ferramenta que permite escolher qual tráfego usa a conexão de VPN e qual tráfego usa sua rede local.
Vazamentos de IP, DNS e WebRTC Tipos de vazamentos de dados que uma VPN pode sofrer, que pode comprometer sua privacidade. As principais VPNs protegem você contra esses tipos de vazamentos.
Bloqueios geográficos Uma forma de proteção que os sites usam para impedir que você acesse determinado conteúdo online se ele não estiver disponível em seu país. Por exemplo, os bloqueios geográficos impedem que você use o BBC iPlayer fora do Reino Unido.
Compatível com peer-to-peer (P2P) Isso significa que a VPN permite torrent em seus servidores.
Aliança dos 5/9/14 olhos Um grupo de países que compartilham dados de vigilância entre si. A Aliança dos 5/9/14 Olhos consiste nos EUA, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido, Austrália, Noruega, Dinamarca, França, Holanda, Itália, Espanha, Bélgica, Alemanha e Suécia.
Servidor proxy Um servidor que oculta seu endereço IP como uma VPN, mas fornece apenas criptografia fraca ou não fornece nenhuma criptografia.
Smart DNS Um serviço que fornece acesso a sites de streaming falsificando seu tráfego DNS. Ele não altera seu endereço IP nem criptografa seu tráfego.
Ranking
Pontuação geral
Melhor oferta
1
9.6
Economize 49%
2
9.4
Economize 82%
3
8.4
Economize 50%
4
9.0
Economize 63%
5
8.8
Economize 82%
Sobre o Autor
Tim Mocan
Tim Mocan
Colaborador Principal

Sobre o Autor

Tim Mocan é colaborador principal do SafetyDetectives. Ele tem mais de cinco anos de experiência pesquisando e escrevendo sobre tópicos de segurança cibernética e é especialista em VPNs. Antes de entrar na SafetyDetectives, ele trabalhou como colaborador para outros sites de avaliação de VPN e como redator de conteúdo para vários provedores de VPN. Ao longo de sua carreira de escritor freelancer, ele também cobriu outros nichos, incluindo SEO, marketing digital, fidelização de clientes, melhorias em casa e saúde e reabilitação. Fora do trabalho, Tim adora passar o tempo viajando, jogando videogame, vendo animes e usando VPNs (sim, sério!).