Surfshark VPN é bom em 2024: vale o preço?

Nossa pontuação
9.0
ÓTIMO
Classificada em 5 de 83 VPNs
Classificada em 5 de 83 VPNs
Atualizado em: 28 de março de 2024
Informações verificadas por Eric Goldstein
Tim Mocan
Tim Mocan
Publicado em: 28 de março de 2024

Avaliação do Surfshark: resumo do especialista

O Surfshark oferece boa segurança, apresenta altas velocidades e permite conexões ilimitadas, o que o torna uma boa opção para famílias grandes. Ele também disponibiliza apps intuitivos para todas as principais plataformas, portanto é ainda uma boa escolha para aqueles que são iniciantes no mundo das VPNs.

O provedor também funciona com os principais sites de streaming, como Netflix e Max, além de permitir baixar e enviar torrents em todos os servidores. Ele ainda disponibiliza 3,200+ servidores em 100 países, o que facilita para a maioria dos usuários se conectarem a servidores próximos e desfrutarem altas velocidades.

Além de recursos de segurança padrão, o Surfshark inclui o seguinte:

  • Bypasser: ferramenta de tunelamento dividido (split tunneling) do Surfshark, que permite escolher quais sites e apps devem ser excluídos do túnel VPN.
  • CleanWeb: remove anúncios e bloqueia conexões com sites maliciosos.
  • Multi-hop dinâmico: transmite seus dados através de dois servidores VPN, em vez de um único, proporcionando mais segurança.
  • IP rotativo: altera periodicamente seu endereço IP VPN sem desconectar você do servidor VPN.
  • Smart DNS: possibilita fazer streaming em dispositivos que não funcionam nativamente com VPNs, como consoles de videogame.
  • Teste de velocidade integrado: permite testar diferentes servidores para ver qual deles oferece as maiores velocidades.
  • E mais…

Embora eu goste do Surfshark, ele tem alguns problemas: não funciona com o Disney+ (meus colegas nos EUA, Reino Unido e eu não conseguimos acessar o site em nossas localizações enquanto conectados a servidores do Surfshark), apresenta baixas velocidades em servidores muito distantes, e seu teste de velocidade integrado não é preciso. Além disso, ele não oferece proteção contra vazamento de WebRTC e IPv6, e não funciona em países restritivos como a China.

No entanto, ele continua sendo uma das minhas VPNs favoritas em 2024. Ele também oferece um ótimo custo-benefício com planos altamente acessíveis a partir de apenas US$ 2,29 / mês (além de sempre adicionar meses gratuitos). Você pode escolher entre um plano de 12 ou 24 meses, ambos assegurados por uma garantia de reembolso de 30 dias.

🏅 Classificação geral 5 de 83 VPNs
🌍 Servidores 3,200+, incluindo servidores no Brasil e em Portugal
🌐 Apps em português Sim
📱 Dispositivos Ilimitado
💸 Preço inicial US$ 2,29 / mês
🎁Plano gratuito
💰 Garantia de reembolso 30 dias

Obter o Surfshark agora (30 dias sem riscos)

Avaliação completa do Surfshark

Avaliação completa do Surfshark

Minha equipe e eu passamos as últimas semanas testando o Surfshark para ver se ele era tão bom quanto outras VPNs concorrentes de ponta, e posso dizer com segurança que ele é uma das melhores opções disponíveis. Ele é seguro e excelente para streaming e torrents, além de oferecer um ótimo custo-benefício para indivíduos e famílias grandes.

Ele permite conexões ilimitadas, o que significa que você pode instalar e se conectar à VPN em quantos dispositivos quiser. Isso é ótimo, pois a maioria das VPNs permite apenas 5–10 conexões. Ele também oferece boas velocidades e é ótimo para streaming e torrents, bem como oferece excelentes recursos de segurança e privacidade.

O Surfshark também conta com alguns dos planos mais acessíveis do mercado e assegura todas as compras com uma garantia de reembolso de 30 dias sem riscos.

Surfshark: economize 81% no One 24-month plan + meses GRÁTIS!
Você pode economizar 81% se aproveitar agora.

Recursos do Surfshark

Recursos do Surfshark

O Surfshark vem com os seguintes recursos padrão de segurança VPN:

  • Criptografia AES de 256 bits: a VPN usa criptografia de nível militar para tornar seu tráfego ilegível.
  • Política antilogs (no-logs policy): o Surfshark não armazena seu endereço IP, nem mantém logs de suas atividades na internet (como sites acessados ou arquivos baixados). Sua política antilogs também passou por uma auditoria de segurança independente.
  • Kill switch: este recurso desativa o acesso à internet em caso de queda da conexão VPN para evitar vazamentos de dados. O kill switch está disponível para iOS, Android, Windows, macOS e Linux.

Gostei do nível de flexibilidade do kill switch. É possível configurá-lo para ser acionado somente se a conexão VPN cair, ou caso você não esteja conectado à VPN (assim como é possível fazer com o Private Internet Access). Esta segunda opção pode ser útil se você quer permanecer 100% seguro de que não ficará online ou baixará torrents sem primeiramente proteger sua conexão com a VPN.

Também achei ótimo o fato de que o Surfshark conta com servidores RAM e perfect forward secrecy. No caso dos servidores RAM, todos os dados são registrados na memória RAM, em vez do disco rígido, o que faz com que sejam apagados toda vez que o servidor é reiniciado. E o recurso perfect forward secrecy altera a chave de criptografia para cada conexão VPN a fim de evitar que hackers comprometam chaves de criptografia passadas ou futuras.

Gostei de ver que o Surfshark oferece proteção contra vazamento de DNS (DNS leak protection), mas é uma pena que ele também não ofereça proteção contra vazamento de IPV6/WebRTC (IPv6/WebRTC leak protection). Fiz testes de vazamento enquanto conectado a servidores em 10+ países e não verifiquei nenhum vazamento, mas ainda acho inconveniente precisar desativar manualmente o IPv6 e o WebRTC se você quiser ficar totalmente protegido desses tipos de vazamentos. Grandes concorrentes como ExpressVPN, Private Internet Access e NordVPN oferecem proteção completa contra todos os tipos de vazamento ao também desativar automaticamente o IPv6 e o WebRTC.

Recursos do Surfshark

Há três protocolos disponíveis: WireGuard, IKEv2/IPSec e OpenVPN. Todos oferecem segurança robusta e boas velocidades, mas o WireGuard é de longe a opção mais veloz.

Android iOS Windows macOS Linux Roteadores
WireGuard
OpenVPN
IKEv2/IPSec

Além disso, o Surfshark inclui os seguintes recursos:

Bypasser

Recursos do Surfshark

O Bypasser é o recurso de tunelamento dividido (split tunneling) do Surfshark, o qual permite escolher quais apps e sites utilizarão a conexão VPN. O Bypasser está disponível apenas nos apps de Android e Windows. Durante meus testes, ele funcionou bem, pois consegui navegar na web por meio dos navegadores que excluí da VPN.

O Bypasser é similar à ferramenta de tunelamento dividido do Private Internet Access, mas considero que o Private Internet Access implementa melhor o tunelamento dividido, pois ele também está disponível para Linux e macOS.

CleanWeb

Recursos do Surfshark

O CleanWeb é o bloqueador de anúncios do Surfshark, o qual bloqueia anúncios e rastreadores de anúncios e impede que você se conecte a sites maliciosos. O CleanWeb está disponível nos apps de iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Android TV e Fire TV. Durante meus testes, o CleanWeb apresentou ótimo desempenho. Acessei sites de veículos de comunicação repletos de anúncios, e ele removeu a maioria, o que fez com que as páginas web carregassem mais rápido. Porém, ele nem sempre conseguiu remover anúncios pop-up. Pelo lado positivo, ele me impediu de conectar a sites HTTP duvidosos.

Embora o CleanWeb seja bom, continuo gostando mais do MACE do Private Internet Access, pois ele oferece a mesma funcionalidade do CleanWeb e ainda consegue bloquear anúncios pop-up incômodos. Sem falar que ele também é o melhor bloqueador de anúncios VPN em 2024.

Multi-hop dinâmico

Recursos do Surfshark

Os servidores multi-hop dinâmicos do Surfshark transmitem seus dados por meio de dois servidores VPN, em vez de apenas um, adicionando uma camada extra de criptografia. Um dos melhores aspectos é que você pode selecionar manualmente duas localizações de servidores para suas conexões de VPN dupla.

Gostei bastante do fato de que o Surfshark usa a tecnologia Nexus para as conexões de VPN dupla, a qual usa Redes Definidas por Software (SDN) que conecta todos os seus servidores juntos e basicamente redireciona todo o seu tráfego através da rede inteira de servidores, em vez de apenas um deles (ou dois, no caso das conexões multi-hop dinâmicas).

Usar os servidores multi-hop dinâmicos é simples. Por exemplo, eu queria obter um endereço IP dos EUA, então escolhi um servidor britânico como ponto de entrada e um servidor dos EUA como ponto de saída. Gostei do fato de que o Surfshark permite criar quantos pares multi-hop dinâmicos você quiser e ainda salva todos eles — o que significa que, na próxima vez em que você quiser usar um determinado ponto de entrada e saída para sua conexão, basta apenas localizá-lo na lista e clicar nele.

As conexões de VPN dupla costumam ser muito mais lentas que as conexões VPN comuns devido à conexão dupla. Porém, obtive uma redução média de velocidade de apenas 5–7% ao usar os servidores multi-hop, o que é ótimo.

Este recurso é principalmente destinado a uso por aqueles que se preocupam muito com sua segurança. Não recomendo usar os servidores multi-hop dinâmicos se você pretende apenas navegar nas mídias sociais, fazer streaming, baixar arquivos ou jogar.

IP rotativo

Recursos do Surfshark

O IP rotativo é um recurso que altera periodicamente seu endereço IP VPN sem interromper sua conexão VPN. Ele está disponível para iOS, Android, Windows e macOS.

Testei esse recurso, e ele funciona bem. Fiz vários testes de vazamento ao longo de 20 minutos enquanto conectado a um servidor VPN e sempre obtive um novo endereço IP a cada 4–5 minutos. Além disso, minha conexão VPN nunca caiu durante os testes.

O IP rotativo aumenta sua privacidade porque altera frequentemente seu endereço IP VPN, tornando muito difícil para cibercriminosos e anunciantes rastrearem suas atividades online.

Smart DNS

O Surfshark oferece acesso a um recurso de Smart DNS. Ele permite usar a VPN em dispositivos que não são nativamente compatíveis com VPNs, como alguns modelos de smart TV. Embora um Smart DNS não altere seu endereço IP ou criptografe seu tráfego, ele geralmente fornece velocidades maiores porque não há criptografia.

Você deverá realizar uma configuração manual para usar o Smart DNS, mas o Surfshark disponibiliza práticos guias passo a passo. Levei apenas cerca de 5–8 minutos para configurar o serviço na minha smart TV.

Segundo o Surfshark, você só pode usar o Smart DNS para fazer streaming em sites dos EUA, como Hulu e Amazon Prime EUA. O Smart DNS do ExpressVPN, chamado MediaStreamer funciona com sites dos EUA, mas também é compatível com sites de streaming de outros países, como BBC iPlayer.

Substituir localização do GPS

Recursos do Surfshark

Este recurso permite associar seus dados de GPS à localização do servidor VPN ao qual você está conectado. Basicamente, qualquer aplicativo móvel que use dados de GPS para detectar sua localização pensará que você está de fato localizado no mesmo país do servidor VPN. O único ponto negativo é que o recurso Substituir localização do GPS está disponível apenas para Android.

Para usar este recurso, você deve habilitar manualmente algumas configurações no Android, mas todo o processo é bem simples, principalmente porque o Surfshark fornece um guia no app. Quando habilitei este recurso, levei apenas cerca de 2–3 minutos para fazê-lo.

Endereços IP dedicados

Recursos do Surfshark

O Surfshark permite comprar um endereço IP dedicado por uma pequena tarifa mensal. Este endereço IP fica disponível somente para você, portanto nenhum outro usuário de VPN poderá usá-lo.

A VPN oferece endereços IP dedicados em 10+ países, incluindo EUA, Reino Unido, Alemanha, França, Japão, Itália, Canadá, África do Sul, Hong Kong e Holanda. Outras VPNs de ponta como Private Internet Access e NordVPN também oferecem IPs dedicados em 10+ países.

Um IP dedicado é ótimo se você quer acessar sites que bloqueiam IPs compartilhados de VPNs, como sites bancários. Ele também pode ajudar a evitar reCAPTCHAs incômodos durante a navegação.

Teste de velocidade integrado

Recursos do Surfshark

O Surfshark oferece acesso a um teste de velocidade integrado, o qual permite testar diferentes categorias de servidores (como Recomendados, P2P ou Recentes) para ver quais fornecem as maiores velocidades. É muito fácil usar o teste de velocidade, mas ele está disponível apenas no app de Windows.

Infelizmente, os resultados do teste de velocidade do Surfshark não são 100% precisos — e, quando meu colega romeno fez um teste de velocidade com servidores Recomendados, o app recomendou apenas três servidores em países próximos (Hungria, Moldávia e Sérvia), em vez de recomendar um servidor local na Romênia. Ele fez seus próprios testes de velocidade usando uma ferramenta de teste externa e obteve as melhores velocidades quando conectado ao servidor romeno do Surfshark.

Também não gostei do fato de que o Surfshark não classifica o servidor mais rápido em primeiro lugar, o que força você a percorrer uma lista de 70+ localizações de servidores para encontrar aquele com as melhores velocidades.

Suporte a tráfego do Tor

Recursos do Surfshark

O Surfshark oferece suporte a tráfego do Tor em todos os seus servidores, o que permite navegar com segurança em sites .onion e também na dark web no navegador Tor. Dessa forma, se o Tor sofrer algum vazamento, seu endereço IP real não será exposto, e apenas o endereço IP da VPN vazará.

Gosto do modo como o Surfshark torna muito fácil usar a VPN com o navegador Tor. Basta apenas se conectar a qualquer um dos servidores do Surfshark e então abrir o navegador Tor.

Porém, sinceramente prefiro o NordVPN para navegar no Tor, pois ele me permite acessar sites do Tor usando navegadores comuns como Chrome e Firefox, o que é mais conveniente.

Modo Camuflagem

Recursos do Surfshark

O Modo Camuflagem é o recurso de ofuscação do Surfshark, o qual oculta seu tráfego VPN e o faz se parecer com tráfego comum de internet. O Modo Camuflagem está disponível em todos os apps e servidores do provedor, além de ser muito fácil de usar. Ele é automaticamente ativado quando você usa o protocolo OpenVPN para se conectar a um servidor VPN. Infelizmente, os representantes do Surfshark me disseram que a VPN não funciona em países restritivos.

No entanto, o Modo Camuflagem é bom para impedir que provedor de internet visualize seu tráfego VPN. Devo avisar, porém, que usar o Modo Camuflagem reduz suas velocidades VPN devido à camada extra de criptografia adicionada para ocultar seu tráfego VPN. Nos meus testes, minhas velocidades com a VPN foram aproximadamente 70% menores com o Modo Camuflagem ativado, o que fez com que sites levassem até cinco segundos para carregar, além de causar buffering constante nos vídeos em HD.

Sinceramente acredito que outros concorrentes de ponta oferecem uma ofuscação melhor. Por exemplo, o ExpressVPN suporta ofuscação em todos os seus servidores, mas também em todos os seus protocolos, o que é mais conveniente. Além disso, ele funciona de modo consistente em países restritivos — e suas conexões ofuscadas são muito mais rápidas.

NoBorders

Recursos do Surfshark

O NoBorders fornece uma lista de servidores capazes de contornar restrições de rede. Você pode ativar este recurso manualmente, mas ele também é automaticamente habilitado quando o app da VPN detecta que você está usando uma rede restritiva. O NoBorders está disponível para iOS, Android, Windows e macOS.

Este recurso pode ser útil para quem usa redes Wi-Fi na faculdade ou trabalho, as quais podem restringir o acesso a sites específicos. Ainda assim, é uma pena que ele também não funcione em países restritivos. Se você precisa de ajuda para acessar a web em um país restritivo, sua melhor alternativa é o ExpressVPN ou o Private Internet Access, pois eles funcionam de modo consistente em locais restritivos como China e Rússia. No entanto, não estamos de forma alguma recomendando que nossos leitores violem a lei. Certifique-se de consultar a legislação do país em que vive ou o qual está visitando antes de usar uma VPN.

Privacidade e segurança do Surfshark

O Surfshark conta com uma rigorosa política antilogs (no-logs policy). Ele não coleta seu endereço IP e não monitora seus sites acessados ou arquivos baixados. Apenas retém seu endereço de e-mail (para fins de comunicação) e registros de data/hora de conexão, mas estes são excluídos 15 minutos depois que você se desconecta do servidor VPN.

O Surfshark também teve sua política antilogs auditada —e gostei muito de saber disso, pois facilita bastante para confiar no provedor.

Privacidade e segurança do Surfshark

Além disso, a VPN passou por duas outras auditorias de segurança realizadas pela firma de cibersegurança Cure53. Uma das auditorias testou o nível de segurança das extensões de navegador do Surfshark, enquanto a outra se concentrou na infraestrutura de servidores do provedor. Ambas as auditorias concluíram que as extensões de navegador e a infraestrutura de servidores do Surfshark oferecem ótima segurança.

O Surfshark está sediado na Holanda, país que integra as Alianças 5/9/14 Olhos (grupo de países que compartilham dados de vigilância entre si). Porém, mesmo que as autoridades solicitassem logs de usuários ao provedor, o Surfshark não seria capaz de fornecer nada, pois não mantém nenhum.

Velocidade e desempenho do Surfshark

Fiz testes de velocidade após me conectar a um servidor VPN em todos os 100 países onde o Surfshark disponibiliza servidores, e obtive uma redução média de velocidade de 71%. Porém, eu estava viajando na Romênia, país que oferece algumas das maiores velocidades de internet do mundo, portanto essa redução não foi tão ruim quanto parece — e ainda assim mantive altas velocidades em servidores locais, próximos e distantes. Porém, houve quedas de velocidade bastante notáveis em servidores muito remotos no Japão, Nova Zelândia e Coreia do Sul.

Primeiro, fiz um teste de velocidade sem estar conectado à VPN a fim de obter uma base para minhas velocidades:

Velocidade e desempenho do Surfshark

Em seguida, usei o recurso de conexão rápida do Surfshark (chamado Localização mais rápida), o qual me conectou automaticamente a um servidor VPN na Romênia. Minhas velocidades caíram aproximadamente 54%, o que é uma grande redução, mas minhas velocidades online praticamente não foram afetadas. Sites carregaram instantaneamente, e vídeos em HD carregaram imediatamente e sem apresentar buffering.

Então, conectei-me manualmente a um servidor nos EUA, e minhas velocidades foram reduzidas em cerca de 60%. Mesmo assim, mantive altas velocidades, pois os sites continuaram a carregar instantaneamente, assim como os vídeos em HD (sem buffering), e vídeos em 4K levaram apenas 1–2 segundos para carregar e apresentaram buffering mínimo no início. Além disso, levei apenas 6–7 minutos para baixar um arquivo de 9 GB.

Velocidade e desempenho do Surfshark

Por fim, testei um servidor muito distante no Japão e obtive uma redução incrível de 99%! Minhas velocidades foram severamente afetadas: sites levaram 6–7 segundos para carregar, vídeos em HD carregaram em 3–4 segundos com buffering notável no início, e vídeos em 4K levaram até 10 segundos para carregar com buffering claramente perceptível e quedas de qualidade ao adiantá-los.

Em termos gerais, o Surfshark manteve velocidades bem altas em servidores locais, próximos e distantes, mas suas velocidades foram consideravelmente reduzidas em servidores muito remotos. Sinceramente, há concorrentes de ponta com velocidades muito melhores no mercado. Por exemplo, o ExpressVPN (que é a VPN mais rápida em 2024) mantém velocidades ultrarrápidas para navegar, fazer streaming e baixar e enviar torrents em todas as suas localizações de servidores.

Servidores e endereços IP do Surfshark

O Surfshark disponibiliza 3,200+ servidores em 100 países (incluindo localizações em São Paulo, Porto e Lisboa), o que é similar a grandes concorrentes como ExpressVPN (que conta com servidores em 105 países). Porém, se você busca uma VPN com cobertura similar, mas com uma quantidade maior de servidores, recomendo o CyberGhost VPN, que disponibiliza 11,528 servidores em 100 países.

Muitos dos servidores do Surfshark são servidores físicos, o que significa que estão realmente localizados no país ao qual você se conecta. O provedor também oferece localizações virtuais, que fornecem um endereço IP do país ao qual você se conecta, mas estão localizados em outro país. Gostei do modo como o Surfshark é transparente em relação ao uso de localizações virtuais, pois os identifica claramente com o termo (Virtual) no app. Gostaria que ele também informasse onde os servidores estão realmente localizados (assim como faz o ExpressVPN).

Também gostei da possibilidade de habilitar métricas de velocidade nos apps do Surfshark, especificamente o ping do servidor (quanto tempo leva para seu dispositivo se comunicar com o servidor VPN) e a carga do servidor, que mostra quantos usuários ativos estão conectados ao servidor VPN. Essas métricas ajudam a encontrar os servidores mais rápidos. Infelizmente, é muito fácil ignorar o botão que ativa as métricas de velocidade, portanto eu gostaria que o Surfshark as exibisse por padrão, como o Private Internet Access e o Proton VPN.

A rede de servidores do provedor é alimentada por sua exclusiva tecnologia Nexus, que conecta todos os servidores juntos. Desse modo, o tráfego do usuário é redirecionado através de uma rede inteira de servidores, em vez de apenas um servidor na rede. Isso permite que o Surfshark otimize seu tráfego para fornecer conexões mais rápidas e estáveis, além de aumentar a privacidade ao alterar periodicamente o endereço IP dos usuários sem desconectá-los do servidor.

O Surfshark também disponibiliza servidores multi-hop dinâmicos na América do Norte, Europa, Austrália e Ásia, os quais transmitem seus dados através de dois servidores VPN, em vez de apenas um, para proporcionar uma segurança maior. E você também pode configurar sua própria conexão de VPN dupla alterando seus servidores de entrada e saída desejados.

O Surfshark ainda oferece endereços IP dedicados por uma pequena tarifa extra, os quais são atribuídos exclusivamente a você. Os IPs dedicados são úteis para evitar reCAPTCHAs e acessar sites bancários (muitos sites de bancos bloqueiam endereços IP de VPNs compartilhados). O provedor disponibiliza endereços IP dedicados em vários países, incluindo EUA, Reino Unido e Holanda.

Suporte do Surfshark para streaming

Suporte do Surfshark para streaming

O Surfshark funciona com 50+ serviços de streaming, incluindo Netflix, Amazon Prime, Max e BBC iPlayer (confirmado por nossa equipe internacional de testes, que conseguiu assistir a conteúdo nos sites disponíveis em suas localizações sem quaisquer problemas). Porém, diferentemente do ExpressVPN e Private Internet Access, ele não funciona com o Disney+.

Algo muito bacana é que o Surfshark é compatível com 15+ catálogos da Netflix. Durante os testes realizados pelo nosso avaliador romeno, ele funcionou com a Netflix Romênia; quando nossos colegas no Reino Unido e EUA também o testaram, confirmaram que conseguiram assistir a conteúdo em seus catálogos locais da Netflix EUA e Reino Unido enquanto conectados ao Surfshark. Os representantes de suporte do provedor também confirmaram que ele funciona com outros catálogos populares, como Netflix Japão e Netflix Brasil.

Suporte do Surfshark para streaming

Também gostei do fato de que a VPN oferece acesso a um recurso de Smart DNS. Ele é conveniente porque permite usar a VPN em dispositivos que não funcionam com apps de VPN.

Em termos gerais, o Surfshark é uma boa opção para streaming porque oferece recurso de Smart DNS e funciona com 50+ serviços de streaming, incluindo grandes sites de streaming como Netflix e Amazon Prime. O único ponto negativo é que ele não funciona com o Disney+.

Suporte do Surfshark para torrents

Suporte do Surfshark para torrents

O Surfshark também oferece bom suporte para torrents. Ele permite downloads P2P em todos os servidores, os quais estão localizados em 100 países. Isso é ótimo, principalmente porque alguns concorrentes limitam você a servidores P2P em poucos países (o Proton VPN oferece servidores P2P em apenas 15+ países, por exemplo).

Ele também funciona com os principais apps de P2P, como uTorrent e Vuze. Nos meus testes, não tive problemas para acessar nenhum site popular de torrents e consegui baixar alguns arquivos P2P.

qBittorrent
Vuze
Deluge
uTorrent
BitTorrent
Transmission

No entanto, ele carece de recursos extras para torrents que as melhores VPNs P2P, como o Private Internet Access, incluem, como redirecionamento de portas (que permite que você se conecte a mais peers para garantir downloads mais rápidos) e suporte a proxy SOCKS5, que altera seu endereço IP sem usar criptografia para fornecer velocidades muito melhores.

O Surfshark também é ótimo para proteger seu tráfego P2P, pois vem com um kill switch, uma política antilogs (no-logs policy) auditada e o CleanWeb, que protege você de sites de torrent duvidosos e impede a exibição de anúncios nesses sites. Também fiz testes de vazamento antes de baixar e enviar torrents com a VPN — e não houve nenhum vazamento.

Em termos gerais, o Surfshark é uma boa escolha para torrents, pois suporta tráfego P2P em todos os servidores, funciona com clientes de torrent populares e oferece ótima segurança para baixar e enviar torrents.

Suporte do Surfshark para jogos

Suporte do Surfshark para jogos

O Surfshark é uma ótima opção para jogos. Testei-o jogando algumas rodadas de Dota 2 e gostei do seu desempenho em termos gerais.

Em servidores locais, o Surfshark manteve um ping estável, obtive altas velocidades e houve um lag mínimo que quase não notei. Além disso, só precisei esperar cerca de 2–3 minutos para baixar uma atualização de jogo de 1 GB.

No entanto, em servidores mais distantes, notei um pequeno aumento no ping. Outra atualização de 1 GB levou um pouco mais tempo para ser baixada, cerca de 6–7 minutos, e houve algum lag perceptível durante o jogo. A boa notícia é que o lag foi mínimo e não afetou muito meu jogo.

O Surfshark também protege contra ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS), os quis forçam você a ficar offline. O provedor VPN ainda oferece proteção antiDDoS em todos os servidores — portanto, mesmo que alguém tente atacar o endereço IP do servidor VPN ao qual você está conectado, não conseguirá fazê-lo.

O provedor ainda oferece suporte a configurações manuais em roteadores, portanto você pode configurá-lo no seu roteador para jogar em todos os dispositivos que não funcionam com apps de VPN, como consoles de videogame. Porém, caso seu interesse principal seja usar uma VPN no seu roteador para jogar, eu escolheria o ExpressVPN porque ele oferece um app dedicado para roteadores que é muito simples de instalar e usar.

Em termos gerais, o Surfshark apresenta uma boa experiência de jogo. Ele possibilita conexões estáveis em servidores próximos, impede ataques de DDoS e oferece suporte para roteadores.

Capacidade do Surfshark de contornar censura

O Surfshark não é a melhor opção para usar em países restritivos como China, Irã, Rússia, Arábia Saudita e Indonésia. De fato, os representantes de suporte do provedor confirmaram que a VPN não funciona nesses locais.

Se você está em um país restritivo, confira o ExpressVPN ou o Private Internet Access porque eles funcionam de modo consistente em regiões restritivas sem problemas. Porém, antes de usar uma VPN nesses países, certifique-se de não estar infringindo nenhuma lei, pois isso pode acarretar problemas legais.
Capacidade do Surfshark de contornar censura

Planos e preços do Surfshark

Planos e preços do Surfshark

O Surfshark oferece três assinaturas baseadas em níveis e planos pagos mensais e anuais. Ele permite conexões ilimitadas (assim como o Private Internet Access e o TunnelBear), o que é ótimo, dado que a média do mercado geralmente é de 5–10 conexões simultâneas.

As assinaturas da VPN são denominadas Surfshark Starter, Surfshark One e Surfshark One+. O Surfshark Starter custa a partir de US$ 2,29 / mês e inclui todos os recursos da VPN, além do ID alternativo (que cria pseudônimos online e endereços de e-mail seguros para você), portanto é aquele que recomendo. O Surfshark One adiciona um mecanismo de busca privado, antivírus e monitoramento de violação de dados por US$ 2,89 / mês.

O Surfshark One+ inclui todos os recursos anteriores, mas você também obtém acesso ao serviço de remoção do dados do Surfshark por US$ 4,29 / mês. Com ele, o Surfshark removerá todos os seus dados de bancos de dados de empresas e sites de pesquisa de pessoas. Porém, este serviço está disponível apenas para usuários nos EUA, Canadá, Reino Unido e União Europeia.

O Surfshark aceita cartões de crédito/débito, PayPal, Google Pay, Amazon Pay e diferentes criptomoedas. Todas as compras são asseguradas por uma garantia de reembolso de 30 dias.

Facilidade de uso do Surfshark: aplicativos móveis e desktop

O Surfshark disponibiliza apps para iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Android TV e Fire TV. Ele também vem com extensões para Chrome, Firefox e Edge. O provedor ainda suporta configurações manuais para roteadores, o que permite usar a VPN em dispositivos que não são nativamente compatíveis com ela, como consoles de videogame — porém, se você tem interesse nisso, recomendo escolher o ExpressVPN porque ele oferece um app para roteadores que é fácil de instalar e usar.

É simples baixar e instalar os apps do provedor. Levei cerca de apenas 1–2 minutos para instalar os apps de iOS e Android, e somente dois minutos para instalar os apps de macOS e Windows.

Como instalar o Surfshark (apenas três passos simples)

  • 1º passo: assine o Surfshark. Escolha o plano mais adequado e crie uma conta.
  • 2º passo: baixe e instale os apps. Basta seguir as instruções na tela nos assistentes de instalação.
  • 3º passo: inicialize o app da VPN. Encontre o servidor ao qual deseja se conectar e clique nele. Pronto! Agora você pode navegar na web com segurança.

Android

Facilidade de uso do Surfshark: aplicativos móveis e desktop

Gostei do app do Surfshark para Android, pois ele está disponível em português e é fácil de usar. Ele inclui um recurso de conexão rápida e conta com uma interface simples de navegar — e todas as configurações e recursos dispõem de explicações úteis.

O app de Android também é rico em recursos e carece apenas do teste de velocidade, mas isso não é um grande ponto negativo, pois ele não é muito útil. Além disso, o app de Android oferece acesso exclusivo ao recurso Substituir localização do GPS, que associa sua localização GPS à localização do servidor VPN.

iOS

Facilidade de uso do Surfshark: aplicativos móveis e desktop

O app do Surfshark para iOS é igualmente intuitivo ao app de Android e também está disponível em português. Gostei da forma como ele conecta você a servidores com um clique — além disso, há uma função de pesquisa para encontrar rapidamente os servidores desejados, e é fácil ativar e alterar todas as configurações e recursos.

O app de iOS carece do teste de velocidade, do recurso Substituir localização do GPS e do Bypasser, mas a maioria das VPNs não oferece tunelamento dividido (split tunneling) no iOS. O TunnelBear é um dos únicos provedores que inclui esse recurso em seu app de iOS.

Windows/Mac (desktop)

Facilidade de uso do Surfshark: aplicativos móveis e desktop

Os aplicativos desktop do Surfshark são simples de usar, pois a interface é intuitiva e pode ser exibida em português. Também é simples encontrar e conectar-se manualmente a um servidor VPN — e levei apenas 4–5 segundos para fazê-lo. Você também pode verificar rapidamente o status da sua conexão VPN, como confirmar se sua localização está oculta e seu endereço IP VPN.

Tanto o app de Windows quanto de macOS oferecem acesso a recursos similares, mas o app de macOS não inclui o Bypasser e o teste de velocidade integrado. Porém, a falta do teste de velocidade integrado não é um grande ponto negativo, pois ele não é muito preciso.

Extensão de navegador (Chrome, Edge, Firefox)

Facilidade de uso do Surfshark: aplicativos móveis e desktop

As extensões de navegador do Surfshark estão disponíveis em português e são muito seguras, pois incluem um bloqueador de anúncios e de cookies pop-up, além de um alerta de violação de dados (que informa se um site já sofreu alguma violação de dados no passado) e uma ferramenta de alerta contra malware (que avisa você antes de acessar sites perigosos). Você também conta com proteção contra vazamento de WebRTC (WebRTC leak protection), que não está disponível no app do Surfshark.

O bloqueador de anúncios e pop-up funciona muito bem — embora eu tenha visto alguns pop-ups ocasionais, geralmente quase não vi nenhum anúncio, inclusive em sites repletos deles.

Você obtém acesso a todos os servidores do provedor, o que é bem impressionante. A extensão de navegador do Private Internet Access, por exemplo, somente permite usar servidores em 20+ países.

Achei ótimo o fato de que as extensões de navegador incluem tunelamento dividido, o qual permite excluir sites do túnel VPN e escolher quais endereços IP devem ignorar o CleanWeb, que inclui o bloqueador de anúncios e cookies pop-up, além do alerta para violação de dados e malware.

Em termos gerais, as extensões de navegador do Surfshark são seguras e intuitivas. Elas permitem usar tunelamento dividido em sites, protegem você de anúncios e sites maliciosos e incluem todos os servidores disponibilizados pelo Surfshark.

Suporte para roteadores

O Surfshark funciona em roteadores, mas você deverá configurá-lo manualmente. A boa notícia é que o Surfshark pode ser configurado em vários roteadores populares, incluindo AsusWRT e DD-WRT.

O Surfshark vai um passo além para tornar o processo de configuração intuitivo ao oferecer guias passo a passo detalhados sobre como fazer a VPN funcionar em todos os roteadores compatíveis. Isso é um alívio, pois o processo pode ficar um pouco técnico, além de ser diferente para cada roteador. Quando tentei configurar o Surfshark no meu roteador, levei apenas cerca de 15 minutos. Porém, ainda prefiro o ExpressVPN porque ele oferece um app dedicado para roteadores que é mais fácil de instalar e usar.

Considerando-se todos os fatores, o Surfshark é uma boa opção se você está em busca de uma VPN compatível com roteadores. Ele suporta uma grande variedade de roteadores e disponibiliza guias de configuração simples no site oficial.

Apps do Surfshark: é fácil usar o Surfshark?

O Surfshark disponibiliza apps para iOS, Android, Windows, macOS, Linux, Android TV e Fire TV. Ele também vem com extensões para Chrome, Firefox e Edge. O provedor ainda suporta configurações manuais em roteadores, o que permite usar a VPN em dispositivos que não são nativamente compatíveis, como consoles de videogame — porém, se você tem interesse em fazer isso, recomendo escolher o ExpressVPN porque ele disponibiliza um app para roteadores que é fácil de instalar e usar.

É fácil baixar e instalar os apps do provedor. Levei apenas cerca de 1–2 minutos para instalar os apps de iOS e Android, e somente dois minutos para instalar os apps de macOS e Windows.

Android iOS Windows macOS Linux
Interface gráfica (GUI)
Kill switch
Bypasser (tunelamento dividido)
CleanWeb
Multi-hop dinâmico
IP rotativo
Substituir localização do GPS
Teste de velocidade

Suporte do Surfshark

Suporte do Surfshark

O Surfshark oferece suporte 24/7 via chat ao vivo, suporte por e-mail e uma ótima biblioteca de apoio. Embora ele não ofereça suporte telefônico, não vejo isso como um grande ponto negativo. O Surfshark disponibiliza canais de suporte mais do que suficientes, e o suporte telefônico não é tão comum entre os provedores de VPN.

Certifique-se de escolher um provedor que ofereça uma ampla biblioteca de apoio. Tutoriais com imagens, FAQs e guias passo a passo são essenciais. Se você encontrar a maioria das respostas na biblioteca, economizará seu tempo por não precisar falar com o suporte.

Assim como o ExpressVPN, o Surfshark oferece suporte 24/7 via chat ao vivo. Testei-o várias vezes e em todas as ocasiões fui conectado a um agente ao vivo em menos de 10 segundos. Todos os representantes com quem falei foram extremamente simpáticos e muito eficazes.

Suporte do Surfshark

Também testei o suporte por e-mail do provedor enviando mensagens em diversos horários do dia. Geralmente recebi um retorno em menos de um dia — e as respostas sempre foram úteis.

O que o Surfshark pode fazer melhor

O Surfshark é uma excelente VPN, mas ainda carece de alguns recursos que eu gostaria de ver incluídos ao seu conjunto. O Surfshark pode aprimorar seu suporte para streaming, segurança, ofuscação e velocidades.

Primeiro, embora funcione com vários serviços de streaming, eu gostaria que ele fosse compatível com o Disney+. Essa é uma plataforma muito popular usada por muitas pessoas (incluindo famílias), portanto é decepcionante o fato de que não é possível assistir à plataforma se você estiver conectado à VPN.

Segundo, o Surfshark oferece apenas proteção contra vazamento de DNS (DNS leak protection). A maioria dos concorrentes do Surfshark, como o Private Internet Access, conta com proteção integrada completa contra vazamentos, o que abrange vazamentos de DNS, IPv6 e WebRTC. Isso ajuda a impedir que os sites visualizem seu endereço IP real.

Além disso, o Surfshark não funciona em países restritivos. Sua ofuscação é adequada para contornar bloqueios de rede em locais como escolas e escritórios, mas ele não funciona em países como China, Rússia e Indonésia.

Por fim, a VPN não oferece ótimas velocidades em servidores muito distantes, o que pode ser frustrante para pessoas que viajam muito ou que querem se conectar a servidores do outro lado do mundo, como gamers. Em contrapartida, o ExpressVPN oferece velocidades ultrarrápidas em todos os servidores, independentemente da distância.

O Surfshark vale o preço em 2024?

O Surfshark oferece segurança robusta e altas velocidades na maioria dos servidores, além de permitir conexões ilimitadas, o que o torna uma boa opção para residências com muitas pessoas. Seus apps também são intuitivos para iniciantes e estão disponíveis para a maioria das plataformas.

Além disso, o Surfshark funciona com sites populares de streaming como Netflix, Max, BBC iPlayer e Amazon Prime. Ele ainda permite tráfego P2P em todos os seus 3,200+ servidores, que estão localizados em 100 países.

Em complemento aos recursos essenciais de segurança, o provedor inclui alguns recursos extras. Ele oferece o Bypasser (sua ferramenta de tunelamento dividido), o CleanWeb (um bloqueador de anúncios) e o IP rotativo (que altera seus endereços IP VPN sem interromper sua conexão). Ele também disponibiliza servidores multi-hop, os quais transmitem seus dados através de dois servidores VPN — e há ainda um teste de velocidade integrado.

Porém, o Surfshark não é perfeito. Para início, ele não funciona com o Disney+; suas velocidades são lentas em servidores muito distantes; o CleanWeb não bloqueia anúncios pop-up; e o teste de velocidade integrado não é preciso. Além disso, ele carece de proteção contra vazamentos de WebRTC e IPv6 e não funciona em regiões restritivas.

O Surfshark oferece vários planos pagos, incluindo um plano de longo prazo altamente acessível, e assegura cada compra com uma garantia de reembolso de 30 dias.

Se houver algo que não abordamos em nossa avaliação do Surfshark sobre o qual você tenha curiosidade, envie-nos uma mensagem — teremos o prazer de fazer testes adicionais e responder a quaisquer dúvidas.

Perguntas frequentes

O Surfshark é seguro?

Sim, pois o Surfshark conta com recursos essenciais de segurança VPN, incluindo criptografia AES de 256 bits, kill switch e uma política antilogs (no-logs policy) auditada. Ele também oferece recursos avançados de segurança como servidores RAM (que apagam todos os seus dados a cada reinicialização) e perfect forward secrecy (que altera a chave de criptografia para cada sessão VPN a fim de que hackers não possam comprometê-las). Além disso, ele disponibiliza recursos de segurança adicionais — incluindo o CleanWeb, que protege você de sites maliciosos, e servidores multi-hop, que adicionam uma camada extra de criptografia às suas conexões.

O Surfshark é gratuito?

Não, o Surfshark não oferece plano grátis, mas seus planos pagos são bastante acessíveis e ainda contam com uma garantia de reembolso de 30 dias.

O Surfshark funciona com a Netflix?

Sim, o Surfshark funciona com a Netflix. Ele funciona com vários catálogos da Netflix, inclusive nos EUA, Reino Unido, Japão e Austrália. Nossa equipe internacional o testou e confirmou que conseguiu assistir à Netflix em suas respectivas localizações. O Surfshark também mantém velocidades altas para streaming, permitindo uma experiência fluida.

O Surfshark ainda é uma boa opção para transmitir outros serviços populares de streaming. Estes incluem Amazon Prime, BBC iPlayer e HBO Max, mas infelizmente ele não funciona com o Disney+.

O Surfshark é bom para baixar e enviar torrents?

Sim, o Surfshark oferece bom suporte para P2P, pois permite baixar e enviar torrents em todos os seus servidores e funciona com clientes de torrent populares, como qBittorrent e Vuze. Ele ainda conta com um kill switch, que protege você de vazamentos de dados ao baixar e enviar torrents, e uma política antilogs (no-logs policy) auditada, o que garante que não registra seu tráfego P2P.

O Surfshark funciona na China?

Não, vários representantes do Surfshark confirmaram que o serviço não funciona nesse país. Portanto, recomendo usar o ExpressVPN em seu lugar, pois ele funciona de modo consistente em países restritivos como a China sem quaisquer problemas, além de oferecer excelentes recursos de segurança e privacidade.

O Surfshark é rápido?

O Surfshark é uma VPN muito rápida. Ele mantém boas velocidades em servidores locais e próximos, além de apresentar boas velocidades em servidores distantes. Porém, caso se conecte a servidores que estejam muito distantes da sua localização, você poderá enfrentar alguma lentidão.

No entanto, há VPNs muito mais velozes no mercado. A VPN mais rápida que testamos é o ExpressVPN. Ele oferece velocidades ultrarrápidas para todas as atividades online em todos os seus servidores.

Como ativo o Modo Camuflagem do Surfshark?

Você deve alterar seu protocolo para o OpenVPN. Em seguida, o Surfshark ofuscará todo o seu tráfego, não importa o servidor ao qual você se conecte.

O Modo Camuflagem é ótimo para ocultar seu tráfego VPN e contornar algumas restrições de rede, mas não funciona em países como a China, que proíbem ou restringem o uso de VPNs. Se você precisa de ofuscação para obter acesso à internet aberta nesses locais, recomendo o ExpressVPN.

O Surfshark oferece app para Linux?

Sim, o Surfshark oferece um app de Linux com interface gráfica. O app é muito fácil de usar, permite marcar servidores como Favoritos para se conectar com um clique e até mesmo conta com uma função de pesquisa que permite encontrar facilmente o servidor desejado. Ele ainda vem com o recurso CleanWeb, que consiste no bloqueador de anúncios, trackers e malware do Surfshark.

O app do Surfshark para Linux carece de alguns recursos, incluindo o IP rotativo, que está disponível em todos os seus outros apps, além do teste de velocidade integrado e do tunelamento dividido (o qual não é oferecido pela maioria das VPNs em seus apps para Linux, de qualquer modo). Porém, em termos gerais, ele é um bom app para Linux.

Planos e preços do Surfshark

Starter 24-month plan
US$ 2,29 / mês
30 Days Money Back
One 24-month plan
US$ 2,89 / mês
One+ 24-month plan
US$ 4,29 / mês
Decisão Final

O Surfshark é seguro e veloz e permite conexões simultâneas ilimitadas. Ele também funciona com sites como Netflix, BBC iPlayer e Max e disponibiliza uma grande rede de servidores. Além de recursos essenciais de segurança VPN como kill switch, criptografia AES de 256 bits e uma política antilogs (no-logs policy) auditada, você conta com recursos extras como o Bypasser, CleanWeb, IP rotativo, servidores multi-hop e um teste de velocidade integrado. Infelizmente, o Surfshark tem algumas falhas: ele não funciona com o Disney+, apresenta baixas velocidades em servidores muito distantes, carece de proteção contra vazamentos de IPv6 e WebRTC e não funciona em países restritivos. O Surfshark oferece planos de baixo custo e assegura cada um deles com uma garantia de reembolso de 30 dias.

As listagens apresentadas neste site são de empresas das quais este site recebe remuneração e algumas são copropriedades de nossa empresa controladora. Influência exercida: Classificação e forma como as listagens são apresentadas. 
Saiba mais
Sobre o Autor

Sobre o Autor

Tim Mocan é editor de QA do SafetyDetectives. Ele tem mais de cinco anos de experiência pesquisando e escrevendo sobre tópicos de segurança cibernética e é especialista em VPNs. Antes de entrar na SafetyDetectives, ele trabalhou como colaborador para outros sites de avaliação de VPN e como redator de conteúdo para vários provedores de VPN. Ao longo de sua carreira de escritor freelancer, ele também cobriu outros nichos, incluindo SEO, marketing digital, fidelização de clientes, melhorias em casa e saúde e reabilitação. Fora do trabalho, Tim adora passar o tempo viajando, jogando videogame, vendo animes e usando VPNs (sim, sério!).

Confira as principais VPNs alternativas
Nossa pontuação
9.8
Ler Avaliação
Nossa pontuação
9.6
Ler Avaliação
Nossa pontuação
9.4
Ler Avaliação
Nota dos editores: o Intego, Private Internet Access, CyberGhost e ExpressVPN são de propriedade da Kape Technologies, nossa empresa controladora.
Avaliações de Usuários de Surfshark

*As avaliações dos usuários não são verificadas

0 3
Baseado em 3 avaliações em 1 idioma 1.0
Não há atualmente nenhuma opinião para Surfshark em Português, se você tiver qualquer experiência com seus serviços, seja o primeiro a escrever uma opinião em em Português
A confiança de nossos usuários é nossa prioridade número 1! As empresas de antivírus não podem pagar para alterar ou excluir comentários.
Nenhuma avaliação encontrada. Seja o primeiro a avaliar a Surfshark!
Escrever Avaliação
Escrever avaliação sobre Surfshark
0.0/ 10.0
Por favor, digite seu endereço de e-mail para enviar sua avaliação