Avaliações profissionais
Propriedade
Comissões de afiliados
Diretrizes de avaliações

Como remover o Yahoo! do Chrome em três passos

Sam Boyd Sam Boyd

Anda sem tempo? Aqui está como remover Yahoo! Search do Chrome:

  • 1. Etapa preliminar. Verifique se há extensões maliciosas no navegador e restaure as configurações padrão do Chrome.
  • 2. Dispositivo de varredura. Execute uma verificação completa do sistema com um antivírus de alta qualidade (o Norton é o melhor).
  • 3. Remova o vírus. Após a conclusão da verificação, deixe o antivírus remover todas as ocorrências do hijacker.
  • 4. Mantenha-se protegido. Proteja-se de outras infecções com um pacote de segurança de Internet de alta qualidade (novamente, o Norton é o melhor).

Se o Google Chrome estiver redirecionando você para o Yahoo!, é provável que tenha um hijacker interferindo nas configurações do seu navegador de Internet. Os hijackers redirecionam os usuários para sites específicos, e possuem o intuito de gerar receita com anúncios, infectar usuários com malware e roubar os seus dados.

Alguns hijackers vão redirecioná-lo para versões falsas do site de pesquisa Yahoo!, enquanto outros, podem inserir resultados de pesquisa e consultas sugeridas, em mecanismos de buscas para enganar e redirecionar os usuários. Eles também podem causar falhas frequentes, lentidão e um consumo de recursos muito maior, pois o hijacker não será otimizado para ser executado com eficiência em sua máquina.

Se o hijacker for malicioso (redirecionando seu navegador para sites inseguros), seu dispositivo pode ser invadido por um ataque de exploração ou infecção por malware, resultando em perda de dados, roubo de identidade ou falha total do sistema. Felizmente, remover o vírus Yahoo! Redirect e outros malwares do seu PC é fácil — se você usar um bom programa antivírus como o Norton.

Você nunca deve tentar remover Yahoo! Search (ou qualquer outro hijacker) do seu sistema. Você mesmo pode ajustar facilmente as configurações do Chrome, mas os hijackers podem se esconder nos arquivos de sistema e você pode danificar seriamente o seu sistema operacional ao tentar erradicar o malware.

A única maneira de remover com segurança os hijackers, é usar um programa antivírus confiável. Esse programa verificará o seu computador, colocará em quarentena arquivos inseguros e removerá todas as ocorrências do hijacker, fazendo com que o Google redirecione através do Yahoo!. Ele também removerá quaisquer outros arquivos de malware que possam danificar a sua máquina, (incluindo ataques de dia zero, cavalo de troia, rootkits, worms e muito outros).

Dica rápida: o Norton é a melhor ferramenta para remover Yahoo! Search do Google Chrome. Você pode obter um plano do Norton acessível por apenas US$ 9,99 / ano, e há uma garantia de reembolso de 60 dias em todos os planos.

Etapa preliminar: verifique as extensões suspeitas no Chrome e restaure as configurações padrão

Antes de assumir que você tem um vírus em seu computador, é uma boa ideia primeiramente, tentar corrigir o problema do Yahoo! Redirect, removendo quaisquer extensões que sejam suspeitas.

Para remover essas extensões do Chrome, siga estas etapas:

  1. Clique nos três pontos horizontais () no canto superior direito do Chrome.
  2. Clique em Configurações.
  3. Clique em Extensões.

Etapa preliminar: verifique as extensões suspeitas no Chrome e restaure as configurações padrão

  1. Verifique se existem extensões que você não reconhece (ou que apareceu de repente).
  2. Clique em Remover.

Em seguida, você deve redefinir as configurações de pesquisa do seu navegador para as opções padrão. Para fazer isso:

  1. Clique nos três pontos horizontais () no canto superior direito do Chrome.
  2. Clique em Configurações.
  3. Clique em Mecanismo de pesquisa.
  4. Escolha o mecanismo de pesquisa desejado.

Etapa preliminar: verifique as extensões suspeitas no Chrome e restaure as configurações padrão

  1. Clique em Inicialização.
  2. Clique na caixa de seleção ao lado da sua opção de inicialização desejada. Eu recomendo selecionar a aba Abrir nova guia como opção.

Agora, o Google Chrome deve estar de volta ao normal. No entanto, não é uma má ideia executar uma verificação de vírus usando um programa como o Norton. Isso porque se você tiver um hijaker instalado em seu sistema, quando fechar o Chrome ou reiniciar o seu computador, ele vai sequestrar novamente seu navegador e realizar uma nova configuração para redirecionamento através da falsa página do Yahoo!.

Passo 1. Identifique o hijacker com o seu antivírus (e não piore o problema!)

IMPORTANTE: certifique-se de que o seu celular, tablet ou qualquer dispositivo de armazenamento removível esteja desconectado do computador. Se você tiver malware em seu PC, ele poderá se replicar em seus dispositivos de armazenamento removíveis e se reinstalar depois.

Após baixar um programa antivírus abrangente, execute uma verificação completa do disco. Você precisa fazer isso mesmo que já tenha removido as extensões suspeitas do Chrome ou pressupor que sabe onde estão localizados os arquivos de malware em sua máquina. Uma vez que o malware se replica, não há como saber quantas cópias dele estão ocultas em todo o seu PC.

A verificação completa do disco localizará, colocará em quarentena e excluirá todas as cópias de malware que estão causando o problema com o Yahoo! Redirect. A verificação também removerá qualquer outro malware que você tenha em sua máquina (incluindo spyware, rootkits e cavalo de troia).

Nota Importante:NÃO cancele a varredura (mesmo se você visualizar vírus reconhecidos na lista de arquivos infectados).
 Não há como saber quanto malware existe em seu sistema, por isso é melhor executar a verificação completa do disco até a conclusão.

A verificação completa do disco pode levar até quatro horas, pois o seu antivírus precisa verificar todos os arquivos e processos em seu computador. Você pode notar uma lentidão ao realizar atividades com uso intenso da CPU durante a verificação, portanto, é uma boa ideia executá-la durante a noite ou quando não estiver usando o computador.

Observação: alguns antivírus (como o Norton) permitem que você agende verificações, facilitando a organização.

Quando o seu antivírus o alertar de que a verificação de malware foi concluída, todas as ocorrências verificadas serão colocadas em quarentena. Agora você está pronto para ir para a etapa 2.

Etapa 2. Remova o hijacker e exclua quaisquer outros arquivos infectados

Agora o seu antivírus o levará para a sua pasta de quarentena. Aqui você verá uma lista de todos os arquivos sinalizados. Você deve examinar cuidadosamente esta lista e procurar arquivos seguros em vez de excluir tudo. Isso porque o seu antivírus pode ter sinalizado erroneamente arquivos seguros. No entanto, mantenha apenas os arquivos que você tem toda certeza de que são seguros e remova o resto. Se não tiver certeza sobre um arquivo, verifique com a equipe de suporte ao cliente do seu antivírus antes de decidir se deve mantê-lo ou removê-lo.

Depois de remover ou colocar na lista de permissões todos os arquivos detectados em seu sistema, reinicie o computador.

Quando o computador for reiniciado, execute uma segunda verificação completa do disco para garantir que todos os vestígios de malware tenham sido removidos. A segunda verificação não demorará tanto quanto a primeira, porque muitos antivírus lembram dos arquivos verificados recentemente e checam apenas os novos ou modificados.

Depois que a segunda verificação for concluída e você for levado para a pasta de quarentena do seu antivírus, não poderá ver mais os arquivos sinalizados. No entanto, se houver arquivos listados na pasta de quarentena, você precisará continuar repetindo as etapas 1 e 2 até poder verificar o seu PC sem nenhuma detecção.

Quando isso for feito, verifique se o Google Chrome está funcionando normalmente. Se não estiver, você precisará seguir a nossa etapa preliminar novamente para redefinir o mecanismo de pesquisa padrão do Chrome.

Agora você deve ir para a etapa 3. Existem ainda mais arquivos de malware online que buscam comprometer as suas contas online, se espalhar pela sua rede Wi-Fi e danificar o seu computador, e você precisa garantir que o seu dispositivo esteja protegido de todos eles.

Passo 3. Mantenha o seu dispositivo protegido de outros programas indesejados

Agora você viu de verdade como é fácil ser infectado por malware no seu PC. Os cibercriminosos lançam novos malwares diariamente e, sem proteção, você corre o risco constante de sofrer coleta de dados, roubo de identidade e tantas outras coisas.

No entanto, existem várias maneiras de manter os seus dispositivos e dados seguros. Aqui está o que precisa fazer.

Mantenha o seu software, sistema operacional e drivers atualizados

Quando os desenvolvedores de software encontram vulnerabilidades ou backdoors que os hackers exploram, eles criam patches para proteger esses softwares.

As atualizações de software são essenciais para manter o seu computador protegido contra as ameaças de malware mais recentes em 2022.

No entanto, pode ser um desafio acompanhar o que precisa ser atualizado.

Como atualizar o Windows 11

Para verificar rapidamente as atualizações mais recentes do Windows no Windows 11:

  1. Clique em Iniciar (ou clicando no ícone Iniciar).
  2. Digite Update na barra de pesquisa.
  3. Clique em Configurações do Windows Update.
  4. Clique em Procure atualizações.

Passo 3. Mantenha o seu dispositivo protegido de outros programas indesejados

Como atualizar o Windows 10

Para verificar as atualizações do Windows 10:

  1. Clique em Iniciar.
  2. Clique em Definições (dependendo da sua versão do Windows 10, você verá Configurações ou o ícone de engrenagem).
  3. Clique em Atualizar & Segurança.
  4. Clique em Windows Update.
  5. Clique em Procure atualizações.

Passo 3. Mantenha o seu dispositivo protegido de outros programas indesejados

Como atualizar o Mac OS X

Para verificar atualizações do Mac OS X:

  1. Abra o Menu Apple clicando no ícone “Apple” no canto superior esquerdo da tela.
  2. Clique em Preferências do Sistema
  3. Clique em Fazer upgrade agora/Atualizar Agora.

Passo 3. Mantenha o seu dispositivo protegido de outros programas indesejados

Observação: se aparecer “Fazer upgrade agora”, significa que você tem uma atualização importante que o colocará em uma versão completamente nova do MacOS (por exemplo, você atualizará o macOS Big Sur para o macOS Monterey). No entanto, se você tiver a opção “Atualizar agora”, isso significa que você simplesmente instalará as atualizações mais recentes para a versão do macOS instalada atualmente.

Muitos aplicativos individuais também terão uma opção de atualização automática. Verifique as configurações do aplicativo para ver se essa opção está disponível e a ative.

Alguns antivírus no mercado também incluem um scanner de vulnerabilidade. O TotalAV, cuja interface é exibida em português, possui um excelente scanner de vulnerabilidades que verifica o seu PC em busca de aplicativos, drivers e arquivos desatualizados. Se o TotalAV detectar algum arquivo desatualizado, você poderá atualizá-lo com apenas um clique. Eu recomendo esta atualização bem como a habilitação das verificações semanais de vulnerabilidade.

Não baixe arquivos suspeitos

Nunca baixe nada da Internet a menos que tenha 100% de certeza de que é seguro. Mesmo os arquivos recebidos em anexos de e-mail vindo de remetentes confiáveis podem estar comprometidos. Se um aplicativo ou anexo de e-mail parece bom demais para ser verdade, provavelmente é isso que ele será.

No entanto, um programa antivírus confiável com proteção em tempo real, pode verificar e-mails e bloquear arquivos suspeitos antes de serem baixados para o seu PC. Eu recomendo o Norton, que usa IA e aprendizado automático para reconhecer códigos suspeitos em arquivos, antes de permitir que eles sejam instalados em seu computador.

Uma precaução extra é perguntar ao remetente do e-mail se ele enviou mesmo um anexo antes de baixá-lo. No entanto, tenha cuidado com e-mails de phishing, em que o remetente se disfarça de empresas confiáveis. Se você acredita ter recebido um e-mail de phishing, entre em contato com o remetente diretamente por meio de outro canal (por exemplo, se você receber um e-mail alarmante da Receita Federal, faça contato pelo site para verificar se o que você recebeu é legítimo).

Proteja a sua rede sem fio e os dispositivos de IoT

Muitas pessoas deixam a sua rede sem fio e dispositivos Internet das Coisas (IoT) desprotegidos, então os hackers simplesmente só precisam adivinhar uma senha padrão (como “senha”) para invadi-los.

Para verificar se a sua rede sem fio é segura, procure por “Protegido” na lista de redes sem fio (ou um símbolo de cadeado no Windows 11).

Se a sua rede sem fio não for segura, primeiro você precisa fazer login no console de administração do roteador, digitando 192.168.0.1 através do navegador da Web.

Observação: se ao digitar 192.168.0.1 no navegador da Web você não for levado ao console de administração do roteador, você precisará entrar em contato com a equipe de suporte ao cliente e perguntar como acessar o console de administração.

Quando estiver com acesso ao console, procure uma opção para inserir uma senha de forma a proteger a sua rede sem fio. Quando você encontrar a opção, eu recomendo utilizar um gerenciador de senhas como o Dashlane para gerar e armazenar a nova senha do seu roteador. O Dashlane pode gerar senhas tão fortes, que as ferramentas de hackers como o Mirai vão ter que lutar muito para decifrar. Essas senhas geralmente contêm uma mistura de números, letras e caracteres especiais.

Você também deve definir uma senha para os seus dispositivos IoT (Google Home, Portal do Facebook, Amazon Echo, etc.) se eles não estiverem seguros. Para verificar se isso precisa ser feito, faça login no aplicativo do dispositivo IoT em seu telefone e verifique se é necessário inserir uma senha para fazer alguma alteração. Se você não precisar inserir uma senha para fazer alterações, consulte o manual do produto do dispositivo IoT ou verifique online para saber como proteger o seu dispositivo. Repito, use uma ferramenta como o Dashlane para gerar uma senha segura.

Baixe um programa antivírus confiável

A etapa final (e mais importante) é baixar e instalar um programa antivírus confiável e seguro. Mas você precisa ter cuidado! Muitos programas antivírus no mercado não incluem os melhores recursos de segurança ou apenas afirmam proteger o seu computador quando na verdade são apenas spyware. No entanto, um bom programa antivírus conterá recursos essenciais e usará técnicas avançadas (como análise heurística e aprendizado automático) para mantê-lo seguro.

Confira o nosso Top 10 de antivírus em 2022.

O Norton é o meu antivírus favorito nesta lista. Em primeiro lugar, ele está disponível em português. Em segundo lugar, ele inclui vários recursos para mantê-lo seguro online, incluindo:

  • Proteção em tempo real. Monitora ativamente o seu PC e impede que você baixe ou execute qualquer malware ou vírus.
  • Virtual private network (VPN). Criptografa os seus dados de navegação e fornece um endereço IP virtual para manter os seus hábitos na Internet, dados e identidade seguros.
  • Firewall seguro. Monitora o tráfego de rede de entrada e saída para evitar que conexões não autorizadas invadam a sua rede.
  • Proteção contra roubo de identidade (somente nos EUA). Monitora o seu relatório de cartão de crédito e dados pessoais, alertando você sobre quaisquer alterações inesperadas. Ele também verifica as suas informações de identificação pessoal (IIP) e garante que não esteja na Dark Web.
  • Backup em nuvem. Faz backups regulares de arquivos essenciais, para que você possa restaurá-los rapidamente no caso de um ataque de ransomware.
  • Controle parental. Inclui vários controles para manter as crianças seguras, como rastreamento de localização, filtros de conteúdo do site e limitações de tempo de tela.

Como remover o Yahoo! do Google Chrome – Perguntas frequentes

O Yahoo! Redirect é um vírus perigoso?

O Yahoo! Redirect é um “vírus” perigoso por vários motivos. Primeiro, ele é um hijacker e provavelmente coleta os seus dados sem você saber, distribuindo-os a terceiros bem obscuros. Os desenvolvedores de vírus também podem redirecioná-lo para uma versão falsa do Yahoo!, onde você provavelmente encontrará vários sites perigosos contendo malware e anúncios maliciosos.

Além disso, o vírus Yahoo! Redirect pode indicar uma ameaça de malware mais significativa (como um cavalo de troia ou worm de computador) em seu PC.

Se as suas pesquisas na Web estão sendo redirecionadas para o Yahoo!, é essencial que você siga os nossos passos e utilize um programa antivírus confiável como o Norton para verificar o seu PC em busca de qualquer malware e removê-lo.

O Yahoo! é um vírus?

O Yahoo! não é um vírus. É uma empresa legítima formada em 1994, que inclui um mecanismo de pesquisa, servidor de e-mail, site de notícias e muito mais. No entanto, devido à popularidade do Yahoo!, os cibercriminosos se aproveitam dele criando e-mails de phishing falsos e páginas da Web que fingem ser o Yahoo!.

Essas páginas falsas contêm vírus, adware, spyware, PUPs e muito mais, e permitem que os cibercriminosos roubem os seus dados, danifiquem o seu computador e o deixem lento com anúncios e pop-ups irritantes.

Se você suspeitar que visitou uma versão falsa do Yahoo! a sua melhor saída é verifique o seu computador usando um programa antivírus como o Norton e verifique se você não baixou nenhum programa malicioso.

Como remover Yahoo! pesquisa do Mac?

Se as suas pesquisas redirecionam para o Yahoo! no Mac, você pode seguir o nosso guia completo: Como remover pesquisa Yahoo! do Mac.

No entanto, se você não tiver tempo, aqui estão alguns passos rápidos:

  1. Remova as extensões suspeitas do seu navegador. Para fazer isso no Safari, clique em Safari > Preferências > Extensões, encontre a extensão suspeita e clique em Desinstalar.
  2. Baixe um programa antivírus seguro para Mac (o Intego é o melhor e também está disponível em português).
  3. Execute uma verificação completa do disco e aguarde a conclusão.
  4. Percorra a sua pasta de quarentena e remova todos os arquivos de malware perigosos.
Sobre o Autor
Sam Boyd
Sam Boyd
Colaborador

Sobre o Autor

Sam Boyd é um ávido fã de tecnologia com grande interesse por produtos de cibersegurança e segurança online. Quando não está pesquisando sobre as ameaças online mais recentes, ele gosta de relaxar jogando videogame e sair para explorar novas partes do mundo com sua família.