Melhores antivírus para Linux de 2019

Transparência e confiança – Temos o orgulho de ser o único site no qual os usuários podem contribuir livremente e compartilhar suas opiniões sobre qualquer antivírus com outros membros da comunidade. Quando você visita um site através de um link fornecido por nós, às vezes recebemos comissões de afiliados que possibilitam o nosso trabalho. Leia mais sobre como trabalhamos.
Felicity Kay
Especialista em cibersegurança
Atualizado em: 7 de maio de 2019

O Linux é diferente dos sistemas operacionais Mac e Windows, já que ele não faz muito por você. Ao invés, os usuários dessa plataforma preferem fazer ajustes e experimentar diferentes configurações, para obter o máximo em termos de customização.

Mas essa abertura pode deixá-lo mais vulnerável a ameaças do que um ecossistema fechado como o Mac ou iOS, o que significa que é melhor escolher um bom antivírus que proteja você contra vários perigos.

Para ajudar a encontrar algo que pode defender adequadamente sua máquina Linux, examinamos mais de 40 antivírus, incluindo o Bitdefender e o Chkrootkit, e aqui listamos os melhores.

A seguir, apresentamos em detalhes os resultados dos testes.

  1. F-Prot – Melhor proteção contra Malware
  2. F-Secure – Ótimo recurso DeepGuard
  3. Comodo – O mais compatível
  4. ClamAV – Proteção multiplataforma
  5. Panda – Melhores recursos extras
  6. Avast – Melhor proteção de e-mail
  7. Sophos – Melhores filtros anti-phishing para a web
  8. Rootkit Hunter – Melhor pelas varreduras de arquivos de texto simples
  9. ClamTK – Interface fácil de usar
  10. ESET – Melhor proteção anti-spyware

Os melhores recursos dos melhores antivírus para Linux

Lembre-se de que sua máquina Linux é mais vulnerável a ataques em relação a outros ecossistemas, mais fechados. É um grande risco que você corre em prol de customização. Dito isso, se você tiver um bom antivírus instalado, poderá se manter seguro utilizando esse sistema operacional.

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre antivírus para o Linux.

Segurança

Um antivírus é recomendado por algumas razões. Pode proteger você de malware, ransomware e outras formas de ataques que tentam roubar seus dados.

Ao usar sua máquina online, você corre o risco de ser vítima de uma dessas ameaças, e é por isso que precisa de um antivírus que tenha várias opções de segurança.

Ao examinar os diferentes antivírus para Linux, levamos tudo isso em conta, e muito mais.

Recursos de segurança chave que sempre examinamos:

  • Varreduras imediatas que protejam seu aparelho em tempo real
  • Detecção de comportamento suspeito no momento em que ocorre
  • Listas de sites confiáveis, para facilitar o acesso
  • Sandbox para testar downloads em um ambiente seguro
  • Proteção contra spyware
  • Defesas anti-phishing
  • VPN (rede virtual privada) embutida
  • Limpeza e aceleração do aparelho, para tornar o Linux mais rápido
  • Anti-ransomware
  • Firewall para uma navegação protegida
  • Inspeção do Wi-Fi
  • Proteção contra keyloggers

É claro que, mesmo que a proteção contra malware seja ótima, é bom ter um antivírus com alguns recursos extras. Alguns vêm com opcionais, como proteção de e-mail ou suporte por e-mail, maneiras fantásticas de obter mais do seu programa.

Com isso em mente, analisamos mais de 40 antivírus para Linux para encontrar o melhor para você. Em nossa busca, procuramos especificamente por:

  • Recursos de segurança: claro, um antivírus pode dizer que vai proteger você, mas como exatamente ele faz isso? Existem diferentes tipos de proteção, de funções de combate a malware a defesas anti-ransomware, e muito mais. Alguns programas antivírus oferecem isso, enquanto outros, não.
  • Confiabilidade e precisão: Qual o nível de eficácia de uma antivírus para bloquear potenciais ataques? Ele gera muitos falso-positivos, ou bloqueia coisas que realmente podem prejudicar seu Linux?

1º lugar – F-Prot – Melhor defesa contra malware

R$ 120,03 - R$ 1.237,53 / ano
Do que gostamos
  • Ótima proteção contra malware
  • A proteção contra ataques zero-day é imbatível
  • Interface fácil de usar
Do que não gostamos
  • A proteção online é insuficiente
  • É vinculado ao Internet Explorer… que poucas pessoas usam

Interessante que, apesar da FRISK, a equipe de desenvolvimento por trás do F-Prot, existir há quase vinte anos, isso não se traduz inteiramente na qualidade de seu antivírus. Não é uma escolha terrível, de jeito nenhum, mas não possui recursos importantes, como proteção online.

Mas este antivírus se destaca na proteção contra malware. Não apenas o F-Prot protege contra várias ameaças diferentes, como também protege seu Linux de ataques zero-day, os vírus novos em folha que a indústria de segurança ainda não analisou.

A plataforma também é incrivelmente fácil de usar, com uma interface simples e opções de monitoramento fáceis de verificar, como a última vez em que você executou uma varredura ou se a proteção da internet está ativa. Mas não oferece extensões para navegadores, detectores de phishing e outros recursos de segurança para a internet.

O antivírus está ligado diretamente ao Internet Explorer, Outlook e outros programas para proteger você de spam por e-mail e outros ataques via links maliciosos. Apenas tenha em mente que o programa não oferece muita proteção durante a navegação; tirando isso, o F-Prot será uma boa escolha para você.

2º lugar – F-Secure – Ótimo recurso DeepGuard

R$ 148,96 - R$ 227,60 / ano
Do que gostamos
  • Do sistema de defesa contra malware DeepGuard
  • Varreduras consistentes enquanto o aparelho está inativo
  • Proteção monitorada na VPN
Do que não gostamos
  • Não se destaca quanto à proteção online
  • Usa o firewall embutido do seu sistema ao invés de ter um próprio

O F-Secure começa a proteger o seu aparelho em tempo real imediatamente após a instalação. Para fazer isso, utiliza recursos como o DeepGuard, que cria automaticamente um conjunto de pastas para proteger, e as examina constantemente em busca de ataques.

Este antivírus é facilmente customizável, e também se destaca muito na proteção contra malware. Há ainda um recurso notável, que faz o F-Secure examinar automaticamente seu aparelho Linux quando ele fica inativo. Então, sempre que você der uma pausa na utilização de sua máquina, o antivírus inicia uma varredura, procurando por ameaças.

Infelizmente, o F-Secure não é o melhor quando se trata de proteção na web. Ao invés de usar um poderoso firewall próprio, o antivírus se liga ao que vem embutido em seu aparelho. É meio inútil, já que você poderia simplesmente ativá-lo sozinho.

Além disso, o F-Secure tem uma rede virtual privada (VPN) e protegida. Basicamente, ao habilitar esse recurso, você garante que a VPN protegerá seu aparelho contra qualquer site que tentar inserir cookies em sua máquina Linux. O software também tem fantásticos planos para a família e suporte para vários aparelhos nos planos mais caros.

3° lugar – Comodo – Melhor pela Compatibilidade

Do que gostamos
  • A proteção contra malware é fantástica
  • Poucos falso-positivos
  • Compatível com os sistemas operacionais 32-bit e 64-bit
Do que não gostamos
  • Instala um monte de programas extras, desnecessários
  • Não tem plano para empresas, o que limita a base de usuários
  • A primeira configuração leva muito mais tempo do que deveria

O Comodo é um antivírus top de linha para Linux que apresenta um sistema de proteção e varredura de e-mail e uma impressionante defesa contra vírus com a qual é difícil competir. Somado a isso está seu firewall, compatível com sistemas operacionais 32-bit e 64-bit.

Felizmente, o Comodo está disponível para várias distribuições Linux, o que o torna muito popular entre usuários desse sistema operacional. Também pode ser usado em plataformas como OpenSUSE ou Red Hat Enterprise.

A proteção contra malware também é de qualidade, gerando muito poucos falso-positivos. E, para quem gosta de jogar, o Comodo tem um Modo Game que faz varreduras, mas sem gerar pop-ups irritantes enquanto você está jogando.

Entretanto, alguns usuários ficam incomodados com o fato do Comodo instalar um monte de programas extras além do antivírus. Além disso, não há nenhum plano para empresas – apenas um plano doméstico. E leva um tempinho para atualizar durante a primeira instalação, o que é frustrante para quem não tem muito tempo disponível.

4º lugar – ClamAV – Melhor proteção multiplataforma

Do que gostamos
  • Proteção multiplataforma contra vírus que atacam o Windows e o Linux
  • A varredura de e-mails é bem legal
  • É ótimo como um antivírus complementar
Do que não gostamos
  • Requer um pouco de trabalho para ser iniciado
  • Não deve ser fantástico, já que pede para você usá-lo junto com outro antivírus

O ClamAV é um antivírus gratuito baseado no Linux, com vários recursos úteis, como scanner de linhas de comando, um atualizador automático do banco de dados e proteção para e-mails. Ele também é compatível com o Linux e com o Windows, o que é ideal para usuários do Linux que usam plataformas feitas para os dois sistemas operacionais.

Dito isso, o ClamAV pode ser um pouquinho confuso no início, com uma interface defasada, e demora um pouco para “pegar no tranco”. Então, se você não se importa em instalar um antivírus que não inicializa adequadamente, o ClamAV não é uma má escolha.

Também, é preciso notar que o próprio antivírus diz que não deve ser usado como sua única linha de defesa. Ao invés, o ClamAV afirma que deve ser instalado como um backup para pegar algum malware que outro antivírus pode ter deixado passar durante suas varreduras. Essa não é uma opção terrível, já que é gratuito, mas nos faz pensar: por que não simplesmente usar um antivírus melhor, para não ter dois programas rodando na sua máquina ao mesmo tempo?

5º lugar – Panda – Melhores recursos extras

R$ 122,06 - R$ 345,56 / ano
Do que gostamos
    Tecnologia de última geração que examina todos os seus programas em busca de novas ameaças

    Fantásticos recursos de segurança que outros antivírus para Linux podem não oferecer

    Boa variedade de preços e assinaturas mensais disponíveis

Do que não gostamos
    Compatível com o Linux, mas não é projetado para o Linux, especificamente

    Processo de instalação demorado, só adequado para usuários avançados

    VPN muito limitada em todos os planos, exceto no mais caro.

O Panda não é especificamente projetado para rodar no Linux. Mas o site do programa fornece instruções claras sobre como instalar o programa no Linux.

Essa é uma boa notícia para usuários do Linux. O Panda possui recursos fantásticos em suas quatro opções de preços. Todos contam com o suporte da “tecnologia anti-malware de última geração”, patenteada pelo Panda.

O aspecto “próxima geração” do serviço do Panda tem a ver com a detecção de programas suspeitos em seu aparelho.

O Panda não procura apenas por softwares maliciosos óbvios que estão causando danos ao seu computador. Mas observa todos os processos do seu sistema e os divide entre “goodware” ou “malware”. Dependendo da natureza do comportamento do programa, você terá direito a uma gama de soluções de remediação para lidar com ele.

Além disso, o Panda dá acesso a sua VPN em todos os seus pacotes (apesar dos planos mais baratos só terem direito a 150mb por dia) e à ferramenta de criptografia Data Shield. Esses são recursos valiosos e muito úteis para usuários do Linux, cujo acesso a pacotes de segurança online desse tipo é limitado.

6º lugar – Avast – Melhor proteção de e-mail

R$ 331,07 - R$ 413,85 / ano
Do que gostamos
  • Destruidor de dados para remover todo e qualquer traço de software
  • Área sandbox evita que o malware se espalhe
  • Proteção de e-mails protege você de links de spam
Do que não gostamos
  • Os planos mais baratos não dão acesso a um firewall
  • Não oferece a melhor proteção contra malware, apesar de todos esses recursos
  • O suporte para vários aparelhos só está disponível nos planos mais caros

O Avast tem vários recursos que o tornam um dos melhores antivírus para o Linux. Por exemplo, seu filtro anti-spam para e-mail evita que você seja vítima de qualquer link ou ameaça que possam chegar através desse meio.

Somado a isso está o destruidor de dados, que deleta completamente qualquer traço de programas e elimina todos os seus rastros do seu disco rígido. O Avast tem ainda uma Sandbox, que lhe permite abrir qualquer programa numa área segura, no caso de algum malware ou outras ameaças. Uma vez aberto, a sandbox mantém o programa dentro de seu espaço e impede vazamentos.

Entretanto, é preciso notar que o Avast afirma ter seis camadas de proteção contra malware, mas isso é apenas uma estratégia publicitária, pois há programas mais eficientes na prevenção de ameaças. Não é uma opção terrível, mas os pontos fortes do Avast são mais seus recursos extras do que sua proteção contra malware.

O programa também oferece um firewall, mas apenas para aqueles que pagam pelos planos bem mais caros. Dito isso, a equipe projetou uma boa interface para o usuário, que é ideal para qualquer pessoa, mesmo para quem não tem muita familiaridade com um antivírus. Além disso, não há suporte para vários aparelhos, a não ser nos planos bem mais caros, o que pode desmotivar a maioria dos usuários, que não querem pagar essas taxas extras.

7º lugar – Sophos – Melhores filtros anti-phishing para a web

Do que gostamos
  • A varredura em tempo real é um recurso útil
  • Protege contra cavalos de Troia e worms
  • Oferece boa proteção anti-phishing
Do que não gostamos
  • Não é compatível com navegadores menos conhecidos, como o Vivaldi
  • É fácil passar pelo filtro parental

O Sophos oferece varredura em tempo real, o que significa que o antivírus está sempre prestando atenção no que está acontecendo em seu aparelho e garantindo que nada aconteça sem o seu consentimento. Também protege contra malware e outras ameaças em diferentes plataformas, como o Windows, além de suas defesas para o Linux.

Além da proteção contra malware, o Sophos também protege contra worms e cavalos de Troia. Ele os mantém num repositório para que você possa examiná-los e removê-los. E, para aqueles que gostam de mergulhar profundamente em seu programa, é possível usar o recurso codificação do terminal do Sophos para personalizar a plataforma a seu gosto.

Felizmente, o programa também é gratuito e proporciona uma fantástica proteção anti-phishing para aqueles que passam muito tempo online. Entretanto, apesar do Sophos tentar vender um filtro de conteúdo adulto, nem sempre ele funciona. Por exemplo, ele até bloqueia vários sites adultos, mas crianças e adolescentes que entendem um pouco de informática podem facilmente contornar o bloqueio do filtro usando uma VPN.

Além disso, o Sophos só é compatível com os principais navegadores, como o Chrome e o Safari. Usuários do Linux tendem a utilizar navegadores mais incomuns, como o Vivaldi, no qual o filtro parental nem funciona. Essa proteção funciona para crianças pequenas, mas adolescentes que entendem de computação saberão como contorná-la.

8º lugar – Rootkit Hunter – Melhor pelas suas varreduras de arquivos de texto simples

Do que gostamos
  • Os sistemas de defesa Rootkit são fantásticos
  • Também presta atenção em backdoors e exploits locais
  • Faz a varredura em arquivos de texto simples, coisa que muitos antivírus não fazem
Do que não gostamos
  • Sua proteção para a web não é tão boa
  • Fica para trás no combate a ransomware
  • Não gera alertas para avisar você sobre o que está acontecendo

O Rootkit Hunter (também conhecido como rkhunter) é um antivírus gratuito para Linux e sistemas UNIX que protege contra rootkits, grupos de malware que se disfarçam de programas seguros para você instalar.

Mas o Rootkit Hunter ampliou seus recursos, para proteger você não apenas de rootkits, mas também de backdoors, uma forma oculta de invadir um sistema de autenticação e controlá-lo remotamente. Ele faz um bom trabalho nessa área, garantindo que, se alguma dessas ameaças conseguir entrar em seu aparelho, serão contidas e imediatamente removidas.

Também presta atenção em exploits locais, que são vulnerabilidades dentro de certas distribuições Linux, e que podem permitir a um invasor ganhar controle completo sobre seu aparelho, se conseguir ativá-lo de algum modo.

Essencialmente, o antivírus funciona examinando arquivos que rootkits geralmente atacam, procurando por arquivos enterrados profundamente dentro do sistema, que você não instalou por vontade própria, e até faz varreduras em arquivos binários e de texto simples, procurando por qualquer coisa escondida por lá também – algo que nem todos os antivírus farão. Melhor ainda, o programa também é compatível com Mac e Windows, para usuários que utilizam esses dois sistemas, além do Linux.

Entretanto, apesar do Rootkit Hunter ser ótimo para nos proteger de malware, fica para trás em relação à proteção online ou ameaças ransomware. Também não faz um bom trabalho para alertar você do que está fazendo. Ao invés, é preciso procurar dentro do programa para ver o que aconteceu, coisa que só pessoas com muito conhecimento em informática gostam de fazer.

9º lugar – ClamTK – Interface descomplicada

Do que gostamos
  • Sua interface simples é ótima para qualquer tipo de usuário
  • A proteção de e-mail é boa para prevenir links maliciosos
  • O banco de dados é atualizado à medida que informações sobre vírus se tornam disponíveis
Do que não gostamos
  • Afirma ser um programa auxiliar que deve ser combinado a um melhor para proteger seu aparelho
  • Protege contra cavalos de Troia e malware, mas poderia fazer melhor

O ClamTK é uma versão melhorada do ClamAV, com foco na usabilidade. Ao invés de usar uma interface mais antiga, confusa, o ClamTK optou por uma muito mais simplificada, que qualquer pessoa pode usar com bastante facilidade.

Também é uma boa escolha para proteger seu aparelho contra malware e cavalos de Troia, e também tem um plano gratuito, similar ao ClamAV. O ClamTK tem os mesmos recursos do AV, como proteção de e-mail, varredura de linhas de comando e um banco de dados que se atualiza automaticamente, sempre que é necessário.

Dito isso, só porque é mais fácil de usar, não significa que o ClamTK seja muito melhor em termos de proteção. Este produto não é algo que você deveria usar como seu antivírus principal. Similar ao ClamAV, a plataforma recomenda que você o use combinado a outro antivírus, um pouco mais confiável. Apesar de dois programas antivírus tornarem seu aparelho mais seguro, também é meio redundante e achamos que um só pode e deve dar conta do recado sozinho.

10º lugar – ESET – Melhor proteção anti-spyware

R$ 155,21 - R$ 258,72 / ano
Do que gostamos
  • Protege contra vírus e spyware
  • Proteção multiplataforma previne quase qualquer tipo de malware
  • Inicializa e é executado rapidamente
Do que não gostamos
  • Não oferece nenhuma proteção de redes sociais
  • Não é gratuito, como a maioria dos seus concorrentes
  • Algumas varreduras deixam o computador mais lento, às vezes

O ESET é frequentemente recomendado pelos usuários como um dos melhores antivírus para Linux ou sua distribuição Ubuntu. Dito isso, é um dos antivírus feitos apenas para o Linux que não são gratuitos. Entretanto, por causa de seu conjunto de recursos, o preço vale a pena a longo prazo.

Por exemplo, o ESET tem tanto um anti-spyware quanto um antivírus para proteger você contra malware e enquanto navega online. Também bloqueia vírus que miram no Windows, Mac ou Linux, para uma proteção total.

O ESET também tem uma pegada leve, o que significa que inicializa rápido e roda bem enquanto você realiza suas atividades diárias, na maioria das vezes. Algumas varreduras podem deixar seu computador mais lento, mas só se você tiver um monte de programas abertos ao mesmo tempo. E, apesar do ESET ser ótimo na proteção contra ransomware, não tem nenhum tipo de proteção de redes sociais, e alguns competidores estão começando a tirar vantagem disso.

Outras coisas a levar em conta ao escolher um antivírus para o Linux

Suporte

Por ser um programa aberto, o Linux é um sistema operacional muito mais vulnerável a ataques e outras ameaças. Por causa disso, escolha um antivírus com uma boa equipe de suporte, que possa ajudar sempre que for necessário.

Dito isso, às vezes, o suporte demora muito, ou talvez você esteja tendo um problema simples. Nesse caso, é melhor que essas plataformas tenham uma página de Perguntas Frequentes detalhada e uma base de conhecimentos acessível sempre que você precisar.

Características de um bom suporte:

  • Atendimento por telefone, e-mail e chat
  • Disponível 24h por dia, 7 dias por semana
  • Página de Perguntas Frequentes e base de conhecimentos

Preços

O que é interessante sobre a maioria dos antivírus para Linux é que são gratuitos. Essa é a natureza do sistema operacional, já que a maioria dos usuários acredita na filosofia do software livre. Entretanto, só porque é gratuito não significa que é bom.

Talvez seja melhor adquirir um antivírus pago se os gratuitos não oferecem o que você está procurando em termos de proteção. Tenha isso em mente ao escolher o seu.

O que procuramos ao avaliar preços:

  • Diferentes planos e seus valores
  • Quantas licenças estão incluídas
  • Valor do pacote
# Fornecedor Faixa de Preço Avaliação
1R$ 120,03 - R$ 1.237,53 / ano4.0
Visitar SiteLer Avaliação
2R$ 148,96 - R$ 227,60 / ano4.0
Visitar SiteLer Avaliação
3R$ 20,65 / ano4.7
Visitar SiteLer Avaliação
44.2
Visitar SiteLer Avaliação
5R$ 331,07 - R$ 413,85 / ano4.2
Visitar SiteLer Avaliação
6R$ 248,33 / ano3.7
Visitar SiteLer Avaliação
74.2
Visitar SiteLer Avaliação
8R$ 155,21 - R$ 258,72 / ano4.3
Visitar SiteLer Avaliação
Transparência e confiança – Temos o orgulho de ser o único site no qual os usuários podem contribuir livremente e compartilhar suas opiniões sobre qualquer antivírus com outros membros da comunidade. Quando você visita um site através de um link fornecido por nós, às vezes recebemos comissões de afiliados que possibilitam o nosso trabalho. Leia mais sobre como trabalhamos.